O intérprete Wantuir viveu o auge cantando na Unidos da Tijuca quando a agremiação marcava sua virada histórica como escola protagonista do carnaval, a partir de 2004. O sucesso despertou o interesse de outras escolas e após o desfile de 2008 o cantor deixou a escola para defender a Grande Rio. Além de Caxias, o intérprete ainda passou por Inocentes de Belford Roxo, Portela e Tuiuti até finalmente reencontrar a comunidade do Borel. Ele abriu o coração para a reportagem do CARNAVALESCO. A excelente proposta financeira recebida há 10 anos não o tiraria da Unidos da Tijuca nos dias de hoje, confessa o intérprete.

“Não vou negar que profissionalmente foi uma excelente oportunidade. Mas eu digo a você que hoje eu não iria. Não sei se a palavra correta é arrependimento, pois eu vivi momentos importantes em outras coirmãs é sempre honrei os pavilhões pelos quais passei. Só que a vida vai nos ensinando. Se fosse hoje eu teria ficado”, destaca.

Foi na voz de Wantuir que a Unidos da Tijuca mostrou ao mundo o talento de Paulo Barros, entre 2004 e 2006. O intérprete brinca que o refrão de um daqueles carnavais pode se tornar realidade em 2019.

“Tomara que possamos cantar que sonhamos, lutamos e ganhamos o carnaval. Eu acho que a escola tem feito de tudo para voltar a vencer. O carinho da comunidade tijucana comigo me deixa extremamente feliz. É uma escola com a qual eu criei uma grande identificação”, derrete-se Wantuir.

Sempre muito espirituoso, Wantuir é um sambista antenado com as novidades. Tanto que criou vários cacos baseado em gírias que estão na boca dos jovens. Ao ser indagado sobre a qualidade do samba da Tijuca, o intérprete brinca e admite que tinha outra obra de preferência.

“Você sabe que o meu compadre Tinga brincou comigo, dizendo que sou sortudo. No ano que cheguei a escola escolhe uma obra dessa qualidade. Engraçado que eu não tinha esse samba como o meu favorito, mas hoje vejo que a escolha foi correta. A cada ensaio podemos confirmar o tamanho da qualidade desse samba. Que ele nos ajude a ganhar o carnaval”, afirma Wantuir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui