A direção da Vila Isabel liberou que as parcerias que estão concorrendo na disputa de samba-enredo para o Carnaval 2023 possam fazer alterações nas obras. Assim, a primeira eliminatória será apenas no dia 23 de setembro. Homenageado no desfile de 2022, Martinho da Vila decidiu colocar samba-enredo na disputa, inclusive, ele foi a primeira parceria a ser inscrita no concurso.

Foto: Allan Duffes/Site CARNAVALESCO

“Povo do samba, fiquem de olho: alteramos as datas da nossa disputa de samba para o Carnaval 2023! Agora, os poetas de Vila Isabel terão até dia 19 de setembro para novos ajustes nas obras, visando o melhor resultado possível para ilustrar o enredo “Nesta Festa, Eu Levo Fé!”. Depois, realizaremos uma eliminatória no dia 23, a semifinal no dia 28 e a grande final em 9 de outubro, conforme anunciado anteriormente. Tudo para garantir que nossa escola entre na Sapucaí embalada por um grande hino, em sintonia com as surpresas que já estão sendo preparadas pelo nosso time, liderado pelo carnavalesco Paulo Barros”, informou a escola nas redes sociais.

Quatro vezes campeão do Grupo Especial, o carnavalesco Paulo Barros está de volta à Vila Isabel. Essa será a terceira passagem do consagrado artista à escola do bairro de Noel, a primeira foi em 2009 (em parceria com Alex de Souza) e a segunda em 2018. Paulo Barros se mostrou extremamente feliz e motivado por estar retornando a Vila Isabel, ele agradeceu o convite do presidente Luiz Guimarães e também do Capitão Guimarães. Para ele, essa volta é para chancelar um trabalho no qual ele acredita muito. Paulo aproveitou para elogiar a gestão da escola, que está oferecendo total condições de trabalho para ele explorar todas as suas ideias.

O enredo da Vila para o próximo carnaval é “Nessa festa, eu levo Fé!”, onde a escola pretende mostrar as mais diferentes festas e celebrações ao redor do mundo, durante a leitura da sinopse Paulo falou um pouco sobre o enredo e também sobre seu casamento com a Vila, ele acredita que o enredo une a característica mais tradicional da escola, com o seu jeito de executar o carnaval, ele disse ainda que o enredo surgiu da vontade de celebrar e de fazer o componente da Vila se divertir.

“As coisas não acontecem à toa, a gente trabalhou muito até agora, esse processo da escolha do enredo foi muito estudado, foi debatido para que fosse um enredo com o perfil da Vila, mas também com o meu, tenho certeza que vem pra somar. O perfil da Vila, com seus componentes, tenho certeza que eles vão se sentir felizes em fazer parte dessa festa. Eu acho que inclusive com a escolha desse enredo a gente vem trazer um formato para Vila que respeita as características da escola e todo esse meu processo que eu gosto de executar dentro do carnaval e eu acho que a gente não podia ter feito uma escolha melhor. Repetindo as palavras que foram ditas hoje aqui, o nosso intuito e a nossa vontade é celebrar, é fazer uma festa, é festejar e é isso que a gente pretende, que o componente da comunidade da Vila entre naquela avenida pra isso, pra festejar”, finalizou Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui