A Beija-Flor de Nilópolis usou as duas últimas semanas para gravar os 10 sambas concorrentes que seguem no concurso que escolherá o hino do enredo “Brava Gente! O grito dos excluídos no bicentenário da Independência”. Com quase tudo pronto, a agremiação lança áudio e vídeo das obras neste domingo.

Fotos: Eduardo Hollanda/Divulgação

Desde terça, Neguinho da Beija-Flor tem gravado as 10 composições no MS Studio Produções, em Marechal Hermes. Assim como no ano passado, coube ao intérprete da azul e branca a responsabilidade de ser a voz nos áudios oficiais de cada samba concorrente.

“Com esse modelo, buscamos dar igualdade a todas as parcerias, dando a oportunidade de todos os sambas serem gravados com a maior voz do nosso Carnaval, que é o Neguinho. Quando você tem gravações diferentes, com intérpretes variados, acaba influenciando a opinião das pessoas. Dessa maneira, teremos uma disputa mais justa e igual”, explicou Dudu Azevedo, diretor de carnaval.

As gravações foram orientadas por Dudu, pelo mestre de bateria Rodney e seus diretores, pelos diretores de Harmonia Válber Frutuoso e Simone Sant’anna e por músicos e intérpretes do carro de som da azul e branca, e ainda contaram com o apoio do arranjador Alceu Maia e do presidente da Gravasamba Hélio Motta. Os arranjos ficaram sob a responsabilidade de cada parceria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui