InícioIntendenteRenascer de Jacarepaguá faz desfile para sonhar com a volta para Série...

Renascer de Jacarepaguá faz desfile para sonhar com a volta para Série Ouro

Quarta escola a desfilar na noite de sábado na Nova Intendente, a Renascer de Jacarepaguá apresentou o enredo “O Afro-Brasil Reluzente de Nei Lopes”. Uma homenagem a toda trajetória do bamba Nei Lopes. A escola desfilou sem grandes preocupações.

Comissão de frente

Coreografada por Carlos Fontinelle, a comissão de frente da Renascer de Jacarepaguá levou para Nova Intendente uma síntese do enredo desenvolvido pela escola. Com roupas bem acabadas e nas cores, vermelho e preto, os bailarinos demonstraram segurança. Nos dois minutos de apresentação, também foi possível ver que a comissão estava cantando o samba. Como destaque negativo, na última cabine um dos bailarinos deixou cair seu objeto de cena. Porém, foi rápido e não comprometeu o andamento da coreografia

Mestre-sala e Porta-bandeira

Luiz Russier e Juliana Lázaro fizeram uma apresentação com cerca de 1min50. Estavam vestidos com uma bela roupa lilás com muitos detalhes coloridos e brilho. O casal mostrou muito entrosamento, trocas de olhares e muita dança. Assim, remeteram as antigas apresentações de mestre-sala e porta-bandeira.

Harmonia

O intérprete Leonardo Bessa apresentou uma boa interpretação do samba. Além disso, esteve em sintonia com a bateria “Guerreira” do mestre Felipe D’Lelis. Tirando algumas alas, como a ala das Baianas e ala dos compositores, o chão da escola poderia ter cantado mais.

Enredo

Desenvolvido pelo carnavalesco Plínio Santos, o enredo foi uma homenagem ao advogado, escritor, poeta, músico e sambista Nei Lopes. Dessa forma, a escola apresentou um enredo claro e de fácil compreensão para o público. Destaque para as lindas Alegorias que tinha bom acabamento e contribuíram muito no entendimento do enredo.

Evolução

A escola manteve um bom ritmo durante todo o desfile. Desse modo, mesmo passando grande, desfilou com tranquilidade e foi possível ver muitos componentes brincando na Nova Intendente. A Renascer fechou sua participação com 38 minutos.

Samba

O samba se mostrou dentro só enredo e trouxe referência de toda a trajetória de Nei Lopes que foi apresentada no desfile. Com um bom trabalho do carro de som, o samba animou o público.

Fantasias

As fantasias contribuiriam para o entendimento do enredo e demonstraram bom acabamento. Portanto, não devem dar dores de cabeça para Renascer de Jacarepaguá.

Alegorias

O abre-alas “Com a bênção dos orixás” chamou atenção pela beleza e detalhes. Ajudou na compreensão da relação de Nei Lopes com sua fé O tripé simbolizou a “Biblioteca Nei Lopes”, inspirado nos 44 livros que já foram lançados em homenagem ao sambista. A segunda alegoria recebeu o nome de “Para o mestre da canção, 80 anos de celebração”.

- ads-

Jorge Silveira exalta preparação da Mocidade Alegre para ganhar duas categorias no Estrela do Carnaval: ‘São Paulo cada vez mais competitivo’

Em 2024, a Mocidade Alegre foi bicampeã do Grupo Especial do carnaval de São Paulo, conseguindo unir beleza e facilidade de leitura para tratar...

Ei Psiu! Emerson Dias comemora chegada no carnaval de São Paulo e estreia levantando comunidade da MUM

A Mocidade Unida da Mooca apresentou seu novo intérprete para o carnaval de 2025, e é Emerson Dias, que fará sua estreia em São...

É a bateria do Zaca! Mestre Serginho se diz contente pela proposta diferente e conquista do Estrela do Carnaval

A “Bateria do Zaca” vive uma fase espetacular. É o segundo ano consecutivo em que a batucada comandada por mestre Serginho conquista os 40...