A Unidos da Tijuca quer resgatar seu protagonismo no Grupo Especial do Rio de Janeiro, afinal, desde 2016 não consegue voltar no desfile das campeãs. Para o ano que vem, a escola do Borel levará para Marquês de Sapucaí o enredo ‘O Conto de Fados’, que será desenvolvido pelo carnavalesco Alexandre Louzada. Ele foi o tema escolhido pela agremiação tijucana, sendo esse um enredo que retrata uma viagem a uma Portugal mítica e mística, valorizando as lendas populares do país.

Foto: Isabelly Luz/CARNAVALESCO

“Em 39 anos de carreira, eu nunca tive uma recepção tão carinhosa, e eu nem falo só por hoje, mas sim por todo o carinho que venho recebendo desde que fui anunciado pela escola. Os tijucanos são muito apaixonados pela Tijuca, isso tem me emocionado bastante, sinto que posso contar com a comunidade no que eu precisar daqui para frente”, disse.

Quando perguntado sobre o surgimento do enredo, revelou que sempre sonhou em realizá-lo justamente na Unidos da Tijuca, levando em consideração a aliança da escola com Portugal, concebida pela herança do presidente Fernando Horta.

“Eu sou descendente de europeus também, sempre me interessei por histórias diferentes. Esse carnaval vai ser para mim um retorno do meu caminhar como carnavalesco, podendo mais uma vez ser um verdadeiro contador de histórias. A diferença é que dessa vez eu tenho me colocado bastante por trás dos bastidores, pois quem vai contar essa história será a comunidade do Borel”.