InícioSão PauloIntegrantes da Tom Maior comemoram desfile e destacam a energia da comunidade

Integrantes da Tom Maior comemoram desfile e destacam a energia da comunidade

Penúltima escola a desfilar na sexta-feira, a Tom Maior mostrou a força da sua comunidade e cantou forte o seu samba. A vermelho e amarelo levou para a avenida o enredo “Um Culto Às Mães Pretas Ancestrais”. Integrantes importantes da agremiação conversaram com o CARNAVALESCO e mostraram muita satisfação com o desempenho no Anhembi.

Gilsinho (intérprete)
“Foi um desfile maravilhoso. O que eu vi da escola passando, foi todo mundo cantando, sorrindo, feliz. Foi lindo e um baita desfile. O samba pegou na arquibancada, onde a gente passou todo mundo estava cantando e foi sensacional. A participação do público mostra que a escola estava indo bem. Eu estou honrado e muito feliz em desfilar em mais um ano na Tom Maior. A escola me abraçou e me aceitou. Eu vesti a camisa da escola. Sou Tom Maior e sou Portela”, declarou.

Gerson e Bruno Freitas (diretores de harmonia)
“Foi um grande desfile. Isso é fruto de um trabalho sensacional. Nosso departamento de harmonia e nossa comissão composta pelo Bruno Melo, Carol, Nenê, Val, só podia dar esse show que foi na pista”, disse Gerson.

“Eu cheguei a ver (o público cantando). Eu venho mais no fundo da escola. Na hora de tirar a bateria do recuo eu desabei. A cabeça estava fria, mas o coração estava pulsando quente, porque que coisa linda. O carnaval de São Paulo voltou. A gente não vai atrás de resultado. É uma consequência. A gente tem que ter desempenho. Vamos comemorar demais porque o desempenho veio. Colocamos uma grande escola na avenida”, completou Bruno.

Ruhanan Pontes e Ana Paula (mestre-sala e porta-bandeira)
“Eu acho que quanto ao nosso quesito, foi um dos nossos melhores desses 15 anos de parceria. Foi para brindar todo esse tempo que estamos juntos. Falar do desfile da Tom Maior como um todo, acho que a energia é surreal. Falar de um enredo como esse e da importância que ele tem, falando de mãe, isso é ótimo. Todo mundo vem junto”, avaliou o mestre-sala.

“O Ruhanan disse tudo. Foi um trabalho bem executado nosso, realmente um dos melhores desfiles nesses 15 anos de parceria e a escola entregou tudo que prometeu. A energia veio junto com os ensaios técnicos que já estava radiantes. Veio linda, deu tudo certo e agora é esperar a apuração”, finalizou a porta-bandeira.

Carlão (presidente e mestre de bateria)
“Desfilar como presidente é uma emoção nova. Estou há 33 anos na escola e hoje meu primeiro desfile como presidente foi uma emoção muito grande e combinou com o desfile que todo mundo está elogiando. O desempenho da bateria foi o que eu esperava, gostei do que escutei e vamos aguardar a apuração”, analisou.

- ads-

É a bateria do Zaca! Mestre Serginho se diz contente pela proposta diferente e conquista do Estrela do Carnaval

A “Bateria do Zaca” vive uma fase espetacular. É o segundo ano consecutivo em que a batucada comandada por mestre Serginho conquista os 40...

‘Reflete a alma e a ancestralidade que o Salgueiro tanto valoriza’, diz Jorge Silveira sobre o enredo para o Carnaval 2025

O carnavalesco Jorge Silveira falou sobre o enredo do Salgueiro para o Carnaval 2025, que foi divulgado na noite desta sexta-feira. Intitulado "Salgueiro de...

Conheça o enredo do Salgueiro para o Carnaval 2025

“De corpo fechado”: preparo o tacho de óleo de oliva, arruda, guiné, alecrim, carqueja, alho e cravo. Com o sinal da cruz na fronte,...