Campeã do Grupo Especial de Bairros, competição ainda UESP, a Imperatriz da Paulicéia vai fazer sua estreia no Sambódromo do Anhembi em 2023. Assim como estreou por lá e abre os desfiles no sábado, dia 11 de fevereiro, a agremiação da Zona Leste foi a primeira a se apresentar na exposição do Bicentenário na Fábrica do Samba.

Uma curiosidade bem legal do evento é que além do público envolvido na exposição e da própria escola presente, também aparecem pessoas de outras agremiações, trabalhadores dos barracões da Fábrica do Samba, todos interagindo com a apresentação da escola de samba ali presente. Ou seja, vira uma grande festa mesmo, já é carnaval.

Uma das figuras marcantes da escola Rafaella Rocha é quem está à frente da bateria, ou seja, única mulher que é mestra entre as três divisões especiais de São Paulo, contou para o site CARNAVALESCO sobre o evento:

“A recepção que recebemos na abertura da exposição aumentou mais essa sensação, e é muito gostoso ser recebido de braços abertos em um espaço tão importante. Para Pauliceia não é tão diferente. Todos que compraram essa briga esperavam por esse momento, e é muito significativo poder fazer parte de um projeto tão importante que evidencia o carnaval, que mostra para o resto do mundo um pouquinho do “nosso mundo”. Sem dúvidas, foi e é uma honra grande pra nossa escola ter feito parte disso e fazer parte dos enredos que contam a história do nosso Brasil”.

A apresentação no Bicentenário

Além da Mestra Rafa, a Swing da Paulicéia chamou atenção por ser formada basicamente de ritmistas jovens, e com sua levada que movimentou o público presente que ia chegando para acompanhar.

Rafa contou sobre a apresentação: “Uma experiência marcante e única! A verdade é que desde o início do projeto a meta era estar entre os gigantes do carnaval que fazem parte da Liga. Nós sabíamos que o caminho era árduo e longo (apesar de ter sido um pouco mais rápido do que imaginávamos) e passamos por várias coisas em prol dessa meta”.

Com a bateria esquentando e o público chegando para assistir após a exposição, a Paulicéia cantou sambas de sua história, como o que levou a esse acesso, e também o de 2023, tudo através do intérprete Fabiano Melodia, que inclusive desceu do palco e veio interagir no chão.

A mestra de bateria prosseguiu contando sobre a experiência: “De repente, em um dia de sol nós estávamos lá: abrindo a exposição, assim como abriremos o carnaval, e isso foi mágico e muito simbólico. Estou no carnaval há 15 anos e já desfilei muitas vezes pela Liga de SP, mas a sensação é de estar vivendo tudo pela primeira vez”.

A rainha Ariê Suyane foi quem deu o ritmo para a dança, inclusive trazendo Dom Pedro, ator da exposição, para sambar em um momento muito descontraído. O bom público presente na estreia foi agitando e dançando junto com a escola.

Sobre a Paulicéia

Fundada em 1980, a Imperatriz da Paulicéia vive seu melhor momento dentro do carnaval paulistano. A agremiação vem em uma ascensão meteórica no carnaval, são três títulos consecutivos: Acesso de Bairros 2, Acesso de Bairros e Especial de Bairros. Chegando assim para a terceira principal divisão do carnaval paulistano.

A escola abrirá os desfiles no Anhembi em São Paulo e cantará “Bem-Vindos à Vila Esperança – O Berço do Carnaval Paulistano”.

Como ir na exposição

Aberta de quarta a domingo, das 10 às 17 horas, a entrada e o estacionamento são gratuitos. A exposição irá até o dia 30 de dezembro. Além da exposição, é muito legal ver como é a Fábrica do Samba, sua dimensão dentro do Barracão, experiência marcante e inédita para o público geral, venha fazer parte da história.

As apresentações das escolas de samba acontecem no período da tarde por agremiações do Grupo de Acesso I e II no carnaval de São Paulo, fique atento na programação:

12/11, sábado
14h: Unidos de Santa Bárbara

13/11, domingo
14h: Amizade Zona Leste

19/11, sábado
14h: Nenê de Vila Matilde

20/11, domingo
14h: Pérola Negra

26/11, sábado
14h: X-9 Paulistana

27/11, domingo
16h: Unidos do Peruche

10/12, sábado
14h: Primeira da Cidade Líder

11/12, domingo
14h: Torcida Jovem

17/12, sábado
14h: Imperador do Ipiranga