A Unidos de Vila Isabel realizou na noite de quarta-feira a final do Concurso de Samba de Quadra, que movimentou a agremiação durante todo o mês de setembro, sempre com entrada gratuita. Após as apresentações das cinco finalistas, o júri, formado por representantes de diversos segmentos da agremiação, definiu como campeã a parceria de número 24, formada por Rafael Tinguinha, Gustavinho Oliveira, Danilo Garcia e Orlando Ambrósio. Confira a letra:

Foto: Diego Mendes/Divulgação Vila Isabel

Ainda era Herdeiro bem me lembro
Conheci o amor na 28 de Setembro
Sorriso da baiana, passista faceira
Do Morro dos Macacos e do Pau da Bandeira
Te encontro outra vez na avenida
Já ouço a Swingueira a esquentar
Recorda a maestria de Amadeu
E o verso que Martinho escreveu
Sei que seu China vai abençoar
Mora a melodia estampada em seu brasão

Não sei se vou conter o pranto
Ao girar o azul e branco do seu pavilhão
Não sei se vou conter o pranto
Ao girar o azul e branco do seu pavilhão

Sou eu, sou eu, sou da Vila Isabel
Onde o samba faz escola e só forma menestrel
Sou eu, sou eu, sou da Vila Isabel
Onde o samba faz escola e só forma menestrel