InícioGrupo EspecialUnidos da TijucaUnidos da Tijuca 'canta em oração' em ensaio técnico avassalador

Unidos da Tijuca ‘canta em oração’ em ensaio técnico avassalador

Escola com o melhor chão desta década no carnaval carioca, a Unidos da Tijuca demonstrou no seu ensaio técnico, na noite deste domingo, no Sambódromo da Marquês de Sapucaí, porque é apontada dessa maneira pelos principais analistas da folia. O que se viu na pista de desfiles foi uma comunidade com um canto avassalador e um samba-enredo que certamente vai disputar os prêmios de melhor do ano. Tudo isso somado a uma atuação de gala da bateria Pura Cadência em perfeita harmonia com o intérprete Wantuir e o carro de som da escola. A Unidos da Tijuca foi a última a se apresentar na noite de retorno dos ensaios na Avenida.

“Eu nunca acho nada sobre o ensaio técnico. Eu trabalho e espero resposta de quem me julga. O público é muito importante. Fizemos um grande ensaio e a tendência é haver o crescimento no dia do desfile. O trabalho deve seguir com o pé no chão para que cheguemos no dia do desfile e façamos um grande trabalho como a Tijuca se acostumou a fazer. Estamos no caminho certo”, disse Laíla, diretor de carnaval.

Comissão de Frente

Trajados com camisas especiais feitas para a comissão, os bailarinos comandados pelo estreante Jardel Lemos demonstraram sincronia de movimentos e formavam sempre blocos com os corpos entrelaçados. Além disso, os integrantes cantavam o samba-enredo de uma forma bastante interpretativa denotando uma ideia de sofrimento, o que pode ser mais um indício do que ocorrerá no desfile oficial.

Mestre-Sala e Porta-Bandeira

Alex Marcelino e Raphaela Caboclo revivem agora na Tijuca a parceria que fizeram no Império Serrano no ano de 2009. Eles capricharam na indumentária. Ele muito elegante com terno e calças amarelas e ela com um igualmente belo vestido na mesma cor do parceiro. Ambos possuíam detalhes em azul. Embora possam melhorar a proximidade entre si para o desfile oficial, o bailado da dupla se deu de forma correta e com entrosamento. Os movimentos seguiram a dança clássica do casal de mestre-sala e porta-bandeira. Raphaela manteve o pavilhão esticado corretamente nos rodopios e Alex teve bastante perícia nos movimentos.

“O ensaio de hoje foi o que a gente queria. Precisava disso, não digo só por mim, mas por todos os casais que passaram hoje e que ainda vão passar por aqui. Acho que a gente merece passar por aqui pra colocar em prática tudo que a gente vem ensaiando nesses meses no pré-carnaval. Ao meu ver, conseguimos executar tudo oque a gente queria, deu tudo certo. Estou numa felicidade imensa por ter sido abraçada pela escola. Trazer um enredo que a gente vem pedindo tanto amor ao próximo, carinho, solidariedade, me emociona… Sou chorona, não aguento, não dá pra conter”, disse a porta-bandeira em lágrimas.

“Achei muito bom, perfeito não está, claro que sempre tem alguma coisa pra melhorar. Mas gostei muito pela proposta que a gente quis fazer. No último módulo, tivemos um pequeno contratempo, mas foi bom ter acontecido porque vimos que não vai dar certo, então já vamos tirar, não vamos usar na coreografia do desfile. Isso aqui serve também como um termômetro, a gente chega no desfile diferente. Na visão profissional, funciona muito, é pra gente errar e acertar o que for necessário”, completou o mestre-sala.

Harmonia

Um autêntico show da comunidade do Borel na pista de desfiles. As alas iniciaram o ensaio praticamente berrando o samba e o padrão se manteve elevado em todo o ensaio. Um casamento perfeito entre o canto, a dança e o ritmo da bateria. Os aspectos que conferem ao samba uma característica de oração não impediram que a harmonia da azul e amarela fosse a melhor da primeira noite de ensaios na temporada 2019.

“Estou feliz só de estar na Sapucaí. Com toda sinceridade. Ter essa oportunidade de cantar um samba maravilhoso como esse é muito gratificante. A obra fala de uma coisa muito séria que é a solidariedade, carinho e respeito”, afirmou o intérprete Wantuir.

Samba-Enredo

Uma obra completa, que teve uma atuação de gala de Wantuir. O intérprete encontrou o perfeito entrosamento com a bateria e foi um dos grandes responsáveis pelo belo ensaio técnico realizado pelo Pavão do Borel. A obra possui passagens muito inspiradas que levam o componente a cantar forte, tais como ‘Oh meu pai, o teu amor é a receita’; ‘ Sou eu, a verdade pra quem pede luz’ e ‘Ouço chamar meu nome’. Esses versos não foram cantados, mas gritados.

“Foi uma semana difícil. Sou um cara difícil de me emocionar, porque sou muito técnico. Hoje, quando a bateria subiu no setor 1, a escola toda cantando, o público cantando, o enredo ajuda e não aguentei. Foi um dia de lavar a alma. O momento que a gente está vivendo é complicado e pede reflexão. Vi mi escola cantando e muita emocionada e os ritmistas emocionados. Estamos disputando o título. Agora é ter muito cuidado”, explicou mestre Casagrande, que não conseguiu segurar as lágrimas no fim do ensaio técnico.

Evolução

Quesito onde a Unidos da Tijuca pode dar uma aula às demais coirmãs. A técnica de desfile perfeita, sem andamentos lentos ou acelerados demais. As alas brincam o tempo todo , não são militarizadas e o aspecto que se tem é que a escola está quicando na avenida. No ensaio desta noite a Tijuca passou um manual do quesito.

Outros Destaques

Diferentemente do que fazia na Beija-Flor, Laíla passou boa parte do ensaio no carro de som, orientando os cantores da escola. Ao final, bastante satisfeito, agradeceu a equipe de harmonia.

A porta-bandeira Raphaela Caboclo estava bastante emocionada ao final do ensaio.

A rainha de bateria Elaine Azevedo encontrou dificuldades na empatia com o público. Substituir Juliana Alves não é tarefa das mais simples. O presidente Fernando Horta preferiu acompanhar o ensaio de seu camarote na Sapucaí.

A Unidos da Tijuca apresenta no Carnaval 2019 o enredo ‘Cada macaco no seu galho. Ó, meu pai, me dê o pão que eu não morro de fome!’. O desenvolvimento é de uma comissão de carnaval. A escola será a sétima e última a desfilar na primeira noite de apresentações do Grupo Especial, domingo de carnaval.

Por Guilherme Ayupp, Daniela Safadi e Vinicius Vasconcelos. Fotos: Magaiver Fernandes

- ads-

Salgueiro oferece curso gratuito sobre Imposto de Renda para Pessoa Física

O Projeto Salgueiro Social, do GRES Acadêmicos do Salgueiro, em parceria com o Centro Universário Internacional Signorelli, dá início neste mês de abril a...

Leia a sinopse do enredo da Portela sobre Milton Nascimento para o Carnaval 2025

Cantar será buscar o caminho que vai dar no Sol Uma homenagem a Milton Nascimento “Só quem toma um sonho Como sua forma de viver Pode desvendar o...

Três novos enredistas se juntam à equipe da Beija-Flor de Nilópolis para o Carnaval de 2025

A Beija-Flor de Nilópolis anuncia a chegada de três novos talentos que formam a equipe de enredistas para o Carnaval de 2025. Bianca Behrenda,...