InícioSérie OuroUnião do Parque Acari exalta a religiosidade em seu abre-alas

União do Parque Acari exalta a religiosidade em seu abre-alas

Escola desfilou homenageando o bloco Ilê Aiyê, mostrando a importância da religião na sua históra

O abre-alas da União do Parque Acari, chamado de “A Religiosidade” abriu o desfile da Série Ouro do Carnaval carioca, nesta sexta-feira, mostrando a criação do bloco Ilê Aiyê e abordou a religiosidade de Mãe Hilda Jitolú e a força dos seus vooduns.

O carro branco carregava o nome da escola, com detalhes dourados e marrons. Era possível ver a figura de Hilda no carro, além de pombas brancas e estátuas que relembravam diretamente as religiões de matrizes africanas.

A escola de Acari preparou uma celebração em honra aos 50 anos do mais antigo bloco afro do Brasil, o Ilê Aiyê. Diretamente da Bahia para a Marquês de Sapucaí, o enredo se destacou por seu compromisso em promover a valorização da cultura afro-brasileira, enquanto combateu o racismo e fomentou a igualdade através de desfiles, música e diversas atividades culturais.

Jonathan Hollanes, de 31 anos e Social Sellers, desfilou emocionado no abre-alas da escola. Ele falou sobre a importância do carro e o que ele representa para quem não segue religiões “cristocentradas”.

“Durante muito tempo segui religiões cristãs. Com o tempo, me reconheci ifista (Ifá). Estar neste carro e poder participar diretamente inflama a nossa ancestralidade” relatou.

Taciana Dias é corretora de imóveis e desfilou no abre-alas da escola. Ela defendeu emocionada que onde existe religiosidade não existe ódio.

“Eu acho que não tem lugar para preconceito, não tem lugar para discriminação, seja de religião, seja de raça, seja do que for, né? Então, eu acho que a religião é o amor. É o que vale hoje, é o amor. É a maior religião de todas”, disse.

“Quando a gente entende a importância de Ilê Aiyê, a gente percebe a relevância que eles tiveram e como esse contato com a espiritualidade mexe com o nosso coração”, completou Jonathan emocionado.

- ads-

Série Prata: Botafogo Samba Clube e Tradição sobem para Série Ouro e vão desfilar na Sapucaí em 2025

A Botafogo Samba Clube e Tradição venceram seus dias de desfiles na Série Prata e conquistaram o acesso para Série Ouro e vão desfilar...

Mocidade anuncia renovação do casal de mestre-sala e porta-bandeira

A Mocidade Independente de Padre Miguel anunciou na tarde desta terça-feira a renovação do casal de mestre-sala e porta-bandeira, Diogo e Bruna, para o...

Série Bronze: Boi da Ilha é a campeã; sobem para Série Prata também o Império de Nova Iguaçu, Alegria do Vilar e Chatuba de...

Por Lucas Santos e Rafael Soares O Boi da Ilha do Governador foi campeã geral da Série Bronze no Carnaval 2024 e garante o direito...