InícioSérie OuroUnião de Maricá vai apresentar ‘O Esperançar do Poeta’ em sua estreia...

União de Maricá vai apresentar ‘O Esperançar do Poeta’ em sua estreia na Sapucaí em 2024

Com direito a filme, enredo foi lançado na noite desta segunda-feira na quadra da escola

Preparando-se para estrear na Marquês de Sapucaí, a União de Maricá definiu o seu enredo para o Carnaval 2024. Com autoria do carnavalesco André Rodrigues, Igor Trindade, João Vitor Silveira e Kamila Maria, membros da equipe de pesquisa e desenvolvimento, a escola vai apresentar “O Esperançar do Poeta”, uma grande homenagem aos compositores que mudam vidas a partir de seus versos e melodias.

O enredo terá como fio condutor o compositor Guaracy Sant’anna, o Guará, autor de sambas marcantes, como “Sorriso Aberto”, “Problema Social” e “Singelo Menestrel”. Ganhador de três Estandartes de Ouro, sendo um com a Em Cima da Hora, com histórico “33 – Destino Dom Pedro II” (1984 e reeditado em 2022), e dois com o Acadêmicos do Engenho da Rainha (1985 e 1986), ele faleceu em 1988 e deixou um grande legado para a música brasileira.

Para o carnavalesco André Rodrigues, o enredo visa mostrar a importância desses compositores que inspiram pessoas com suas músicas.

“O nosso enredo nasce quando paramos para pensar como compositores que dialogam tanto com o nosso mundo são, infelizmente, desconhecidos e não recebem os devidos louros. Quando analisamos o quanto essas letras falam com a gente, acabamos pensando no conceito do “esperançar”, do Paulo Freire, que diz sobre ter esperança a partir de uma ação ativa e não de espera. “O Esperançar do Poeta” vai pelo viés de como os compositores criam suas músicas e como as dinâmicas das letras são exemplos do “esperançar”, sendo também plano de fundo de instrumentos de mudanças de outras pessoas, que tornam essas letras inspiração para que possam transformar suas realidades”, disse André.

Um dos pesquisadores do enredo, João Vitor Silveira destacou que o carnaval é um meio de levar esperança para a camada mais pobre da sociedade, especialmente a partir de sambas que trazem em suas letras reflexões sobre o cotidiano difícil enfrentado pela grande massa.

“O enredo também vai mostrar as dinâmicas de realidade que acabam inspirando as composições, pensando nas dificuldades que a vida impôs numa camada majoritariamente preta e pobre da nossa população e que precisam ser superada todos os dias para construírem um amanhã melhor. Pensamos o que é a violência, a falta de acesso a estudo, trabalho e moradia para essas pessoas e trazemos como a música, destacando o samba-enredo, é um instrumento de construção de um amanhã melhor, onde transformamos essa população em reis e rainhas da nossa realidade no carnaval. São sambas que questionam, falam do povo preto, crianças e pessoas que passam por percalços e são exaltados na folia”, explicou o enredista.

Filme é lançado para a anunciar o enredo

A apresentação do enredo reuniu centenas de componentes e moradores de Maricá, em sua quadra, na noite desta segunda-feira. No evento de lançamento, foi exibido o curta-metragem “O Esperançar do Poeta”, que dá nome ao enredo. Com direção de André Rodrigues e Luciano Xavier, o filme tem 15 minutos e está disponível abaixo.

- ads-

Darlin Ferratty é a nova rainha de bateria da Inocentes de Belford Roxo

A Inocentes de Belford Roxo anunciou nesta quinta que Darlin Ferratty é a nova rainha de bateria para o Carnaval 2025. Veja abaixo a...

Com lema de ‘ser feliz’, casal da Dragões comemora prêmio de ‘Melhor Casal de SP em 2024’

O casal Rubens de Castro e Janny Moreno é sinônimo de simpatia na avenida, assim como são nas entrevistas com a imprensa. Com um...

Paraíso do Tuiuti realiza feijoada no dia de São Jorge

O feriado pelo dia de São Jorge será de celebração na quadra do Paraíso do Tuiuti. Na próxima terça-feira, 23, a partir das 14h,...