InícioSão PauloTorcida Jovem evolui bem ao som de bateria animada no ensaio técnico

Torcida Jovem evolui bem ao som de bateria animada no ensaio técnico

A Torcida Jovem realizou neste sábado o segundo ensaio técnico, em preparação para os desfiles do Grupo de Acesso 2 do Carnaval 2023. Os quesitos técnicos apresentaram bom polimento, com harmonia presente e evolução fluída, encerrando a passagem aos 48 minutos. A escola alvinegra será a décima a desfilar no dia 11 de fevereiro com o enredo “Torcida Jovem está presente e canta nas águas de Mãe Iemanjá”.

Comissão de Frente

A comissão da Jovem realizou uma dança com duração de duas passagens do samba, com coreografia de exaltação à Iemanjá. De concepção muito simples, com todos os dançarinos realizando praticamente os mesmos passos. Mesmo assim, alguns componentes mostraram falta de sincronia em diferentes motivos. A escola precisa acertar melhor esse quesito.

Fotos: Fábio Martins/Site CARNAVALESCO

Mestre-Sala e Porta-Bandeira

Alex Santos e Dani Motta demonstraram boa sincronia de movimentos, com uma dança leve. Cantando o samba do início ao fim do treinamento, ficam de exemplo para outros casais que tendem a ignorar esse importante detalhe que contribui para a harmonia. É possível ao primeiro casal da Torcida Jovem melhorar a questão do ritmo, dando mais velocidade aos movimentos, mas ainda há tempo de preparação e estão em um bom caminho.

Harmonia

A comunidade da Jovem compareceu em maior peso para este ensaio, tendo em vista que o primeiro foi focado em quesitos específicos e não foi possível avaliar o canto de forma adequada. Samba na ponta da língua e alas animadas, em especial entre as alas três e seis. Fica a observação que a primeira ala da escola, que é coreografada, passou pelos primeiros setores com um canto muito aquém das demais. Apesar de ter melhorado no decorrer do ensaio, é algo a ser mais cobrado pelos diretores.

Evolução

Quesito mais forte de Torcida Jovem no ensaio, a evolução foi tecnicamente impecável para o contingente que compareceu ao Sambódromo do Anhembi. Alas compactas, respeitando os espaços umas das outras e entre as alegorias. Combinando com um recuo muito bem executado e a finalização com tranquilos 48 minutos, tem grandes chances de garantir as notas dez no desfile oficial.

Samba-Enredo

O samba da Torcida Jovem possui uma letra de fácil assimilação, mas possui um tom mais baixo do que o habitual. A bateria conseguiu se aproveitar bem do ótimo desempenho do time de canto, e a bateria se aproveitou muito bem dele na elaboração de bossas, mas caso a escola possua alas comerciais é preciso tomar cuidado para que as pessoas presentes não comprometam a harmonia.

Outros destaques

A bateria “Firmeza Total” chamou atenção ao aplicar várias bossas em diferentes pontos do samba. Mesmo sem arriscar apagões, a variedade no repertório agradou o público e casou bem com o time de canto. A rainha de bateria Dóris Grace contribuiu para coroar o excelente desempenho do quesito, com bela fantasia, gingado e interação com o público.

A Torcida Jovem pode ter feito uma boa aposta ao optar por aperfeiçoar quesitos específicos no primeiro ensaio. Nesse segundo treinamento, a escola demonstrou estar bem próxima do ponto certo para realizar um desfile candidato ao título do Grupo de Acesso 2. Cabe agora realizar retoques e juntar à parte plástica no dia 11 de ferreiro para saber se colherão os frutos plantados no pré-Carnaval.

- ads-

Jackson Carvalho, Marcelinho Emoção e Fabão Rodrigues assumem Comissão de Harmonia no Arranco

Para o Carnaval 2025, o Arranco contará com uma Comissão de Harmonia formada por Jackson Carvalho, Marcelinho Emoção e Fabão Rodrigues. Jackson Carvalho começou sua...

Vizinha Faladeira será homenageada com conjunto de Medalhas de Mérito Pedro Ernesto

No próximo dia 23 de abril, a histórica Associação Recreativa Escola de Samba Vizinha Faladeira, uma das pioneiras no cenário do carnaval carioca, terá...

Jorge Silveira exalta preparação da Mocidade Alegre para ganhar duas categorias no Estrela do Carnaval: ‘São Paulo cada vez mais competitivo’

Em 2024, a Mocidade Alegre foi bicampeã do Grupo Especial do carnaval de São Paulo, conseguindo unir beleza e facilidade de leitura para tratar...