InícioGrupo EspecialTijucanos mordidos! Após ficarem fora das campeãs em 2022, componentes prometem desfile...

Tijucanos mordidos! Após ficarem fora das campeãs em 2022, componentes prometem desfile ainda melhor

Após o belo carnaval apresentado ano passado na Marquês de Sapucaí não levar a Unidos da Tijuca de volta ao desfile das campeãs, alguns tijucanos mostram superação e cabeça erguida na busca do sucesso no Sambódromo, mas ainda há aqueles que estão ‘mordidos’.

Foto: Nelson Malfacini/Site CARNAVALESCO

No ensaio técnico na Passarela do Samba, a voz da arquibancada e dos componentes se uniram, mostrando que da parte deles, folego, garra e entrega não faltarão m busca de um desfile ainda melhor. Em entrevista ao CARNAVALESCO, componentes da Unidos da Tijuca falaram sobre a ferida deixada pelo último carnaval e o sonho de retornar ao desfile das campeãs, algo que não ocorre desde 2016 – época em que realizou o feito pela sétima vez seguida (2010-2016) – além do que estão preparando na tentativa de voltar a ficar entre as seis.

Anderson Silva, de 25 anos, é passista da escola e não escondeu a angústia de ter ficado de fora, mas acredita que a Tijuca está vindo para surpreender no Sambódromo.

“Com certeza, estou mordido. Eu acredito que a gente deveria ter ido ao desfile das campeãs, mas acontece. Carnaval é isso mesmo. Vamos mostrar que estamos prontos para voltar e voltar a brilhar como sempre fizemos. Acredito que a Unidos da Tijuca vai fazer um desfile bem diferente do que ela costuma trazer. Acho que a Bahia vai trazer um outro aspecto para a Tijuca que ninguém está esperando”, afirmou Anderson.

Ainda na conversa, o passista disse acreditar que a Unidos da Tijuca se encontrou. Para ele, investir em enredos que enaltecem a cultura brasileira é o segredo para vir com tudo na Avenida, e também revelou o que ele acredita ser o trunfo para o sucesso.

“O resgate dos enredos culturais, enredos que valorizam a nossa cultura era o que faltava. No ano passado, com a lenda do guaraná, e neste ano, com a Bahia, a gente viu que a Unidos da Tijuca está conseguindo se renovar. Com certeza a gente vai conseguir voltar a brilhar. O trunfo será o canto da nossa comunidade, que está cantando muito. Esse ano eu tenho certeza que os jurados não terão motivos para tirar o nosso ponto”, confiante, completou Anderson.

Já Adriana Dorico, que tem 52 anos e desfilará na ala 18, disse estar magoada com o resultado do ano passado e foi um pouco mais polêmica ao dizer o que faltava para que a agremiação chegasse ao sucesso. Rindo, ela declarou que o segredo para um bom desfile seria força de vontade e… “retirar os estrangeiros que desfilam na Tijuca”.

“Fizemos um belíssimo desfile e mesmo assim não levamos nada. Não teve erros, fomos perfeitos. Para o sucesso precisamos de garra, coragem, mais dedicação e menos gringos – porque a gente tem que gritar por eles, que nem o samba sabem (risos)”, disse Adriana.

Adriana completou dizendo que não existe trunfo, mas sim fé, amor e dedicação para entregar um lindo desfile e buscar mais um título. “Só Deus. Não tem carta na manga. É fazer um belíssimo desfile, vir confiante, o povo cantar o samba, muito samba no pé e rumo a vitória. A expectativa é que a Unidos da Tijuca será a campeã deste carnaval”, concluiu Adriana.

Há quem disse ter superado. O famoso “passado é passado”. Dona Noelma Luiza, de 58 anos, acredita que não falta nada para um bom desfile. Já o trunfo, é segredo para ser revelado somente na avenida.

“Vida que segue. Ano passado ficou para trás. Esse ano é outra coisa. Eu acho que não falta nada para o desfile. Na verdade, só falta um olhar melhor dos jurados, porque a escola está ótima”, confessou Noelma.

Mordidos ou não, os tijucanos deram um show no ensaio técnico e prometem fazer o mesmo na Sapucaí. A Unidos da Tijuca irá desfilar no domingo de carnaval, sendo a quarta agremiação a entrar na avenida.

- ads-

Salgueiro oferece curso gratuito sobre Imposto de Renda para Pessoa Física

O Projeto Salgueiro Social, do GRES Acadêmicos do Salgueiro, em parceria com o Centro Universário Internacional Signorelli, dá início neste mês de abril a...

Leia a sinopse do enredo da Portela sobre Milton Nascimento para o Carnaval 2025

Cantar será buscar o caminho que vai dar no Sol Uma homenagem a Milton Nascimento “Só quem toma um sonho Como sua forma de viver Pode desvendar o...

Três novos enredistas se juntam à equipe da Beija-Flor de Nilópolis para o Carnaval de 2025

A Beija-Flor de Nilópolis anuncia a chegada de três novos talentos que formam a equipe de enredistas para o Carnaval de 2025. Bianca Behrenda,...