InícioGrupo EspecialSérie 'Barracões do Rio': Paulo Gustavo presente na São Clemente em um...

Série ‘Barracões do Rio’: Paulo Gustavo presente na São Clemente em um desfile preparado para emocionar o público

Homenageando o grande humorista, Paulo Gustavo, a escola da Zona Sul do Rio, que ficou em 10ª lugar no último carnaval, irá levar para avenida um enredo muito alegre e especial que promete emocionar todo o público

Do “O Conto do Vigário” em 2020 para “Minha Vida é uma Peça” em 2022, a São Clemente vem com tudo para este carnaval. Homenageando o grande humorista, Paulo Gustavo, a escola da Zona Sul do Rio, que ficou em 10ª lugar no último carnaval, irá levar para avenida um enredo muito alegre e especial que promete emocionar todo o público. A agremiação deu a missão para o carnavalesco Tiago Martins de conduzir o enredo sobre Paulo Gustavo. Para ele, desenvolver o tema sobre a vida do humorista é um desafio muito importante, pois se identifica com o artista.

“Você pega Paulo, lembra da potência que ele é. E ao mesmo tempo uma pessoa que por meio do humor e com muito amor levantava a bandeira. Ia pra rua, olhava as pessoas e conseguia transformar aquilo nos seus personagens”, disse ao site CARNAVALESCO.

Quem pensa que Tiago chegou na São Clemente do nada está enganado. O carnavalesco possui uma história de 12 anos com a agremiação. Chegou sendo assistente, depois fez parte do núcleo criativo, foi diretor artístico e agora carnavalesco da escola.

“Costumo falar que a São Clemente é uma escola de família, porque você entra e não consegue mais sair. Eles te abraçam de uma tal forma que vão te dando liberdade para criar, até o ponto de te dar oportunidade. Por esses 12 anos que estou na escola tenho que fazer um carnaval grandioso e fazer com que a São Clemente chegue entre as seis, que é o maior sonho de toda a família clementiana”, conta Tiago.

O enredo em homenagem ao humorista foi uma ideia de Milton Cunha. “Em uma live o Milton Cunha deu a ideia que a São Clemente podia mudar. Já que o Paulo já tinha desfilado na agremiação e tinha uma identificação com a escola. Aí a gente carnavaliza isso tudo, porque o Paulo carnavalizava seus personagens. Foi fácil na questão de criação, mas difícil para transformar esse enredo nessa potência que é Paulo Gustavo”, explica Tiago.

Paulo Gustavo era fascinante e mesmo nos seus momentos de lazer, ele nunca deixou de fazer pelos seus. Em entrevista para o site CARNAVALESCO, Tiago Martins revelou o que mais de interessante durante a pesquisa do enredo sobre Paulo: “Na pandemia mesmo, ele vem a falecer e a gente descobre milhões de doações que ele fez para a paróquia da Irmã Dulce. Além de ter ajudado todos os profissionais envolvidos da cultura, como: câmeras, maquiadores e entre outros. Ele fez toda uma listagem. O que aconteceu foi que ele ajudou essas pessoas no momento em que elas precisavam, mas sem ninguém saber. Quando ele faleceu, as pessoas que foram ajudadas começaram a falar da forma que ele ajudou. O mais interessante pra mim foi a grandiosidade de Paulo”, afirma o carnavalesco.

Grandiosidade! É isso que define o que era Paulo Gustavo, e, é o que a São Clemente pretende levar para a avenida. Com a plástica do desfile irreverente, colorida, alegre, crítica, nada pesado. O carnavalesco pretende fazer com que o público se identifique com tudo que a escola irá levar para a Marquês de Sapucaí. Para ele o grande trunfo desse desfile será o carro da Dona Hermínia e a comissão de frente.

“Eu gosto do carro da Dona Hermínia, quando falam de Paulo Gustavo ou da mãe dele, logo vem a Hermínia na cabeça. Então acho que as pessoas estão esperando isso e pela comissão de frente também. As pessoas ficaram com uma pulga atrás da orelha depois do ensaio técnico”, conta.

Foto: Rafael Arantes/Divulgação São Clemente

A família de Paulo Gustavo foi muito participativa e tranquila durante todo o processo de desenvolvimento de concepção do enredo. O carnavalesco relata como foi a relação dele com a família de Paulo nesse período: “A família dele foi muito tranquila, quase não se meteu. Só trocamos ideias, por ser um enredo de história oral, precisei muito conversar com a família, amigos e foi super de boa. Não teve exigências, nada específico assim não”.

Recentemente, Dona Déia (mãe do humorista) e a família visitaram o barracão da São Clemente. Emoção foi o que marcou essa visita. “Ela chorou muito, a família chorou. Foi emocionante, todos se emocionaram ao mesmo tempo. Ela foi muito bem recebida, a gente também foi muito bem recebido por ela. Foi algo mágico”, diz Tiago.

Por causa dessa emoção, o carnavalesco fala que já está sentindo o que será o desfile. “Já sentimos um pouco no ensaio técnico, vimos a emoção de algumas pessoas mesmo sem ter nada. Sem ter carro, roupa, fantasia, só com o samba e a força dos clementianos. No desfile vai ter a família, esse conjunto. Acredito que o que a gente sentiu aqui, não só eu, como todo mundo que estava ao redor, o pessoal que estará no desfile irá sentir essa mesma emoção”, revela.

Para realizar o carnaval, Tiago precisou de muita ajuda de toda a sua equipe. O carnavalesco agradece a todos da sua equipe, deixando claro que eles são a base de tudo. “A equipe é a base de tudo. Eu era o que eles são e virei carnavalesco. Falo muito isso para as pessoas: “Se você tem um sonho, vá em frente, não pense porque você é um aderecista, porque faz um carro, faz um projeto, que não vai conseguir alcançar seu sonho. Na minha sala eu crio, eu desenho, faço qualquer coisa, mas estou sempre pedindo opinião e às vezes quando minha cabeça está confusa de várias coisas que idealizei. Cada um dá a sua opinião, junto tudo e sai algo grandioso”.

Foto: Rafael Arantes/Divulgação São Clemente

Entenda o desfile

Com toda a certeza os clementianos e o Brasil todo vão se emocionar com o desfile da escola, pois vão ver Paulo Gustavo mais uma vez. É o que a São Clemente pretende passar esse carnaval e depois terminar agradecendo ao humorista por tudo que ele fez. O carnavalesco da escola pegou todas as deixas possíveis, até de quando Dona Déia contou do entregador de quentinhas e carnavalizou isso. E as alegorias vão falar muito sobre o que era o Paulo Gustavo

Primeiro Setor: “A gente começa com o céu de Paulo Gustavo, só que não é nada triste. É um céu alegre, batucado, onde a gente vai trazer os humoristas esperando Paulo Gustavo nesse céu. E quando ele chega, ele se depara com o batuque, com os anjos dando gargalhadas, anjos de drag queens e lembra quando ele passou pela Sapucaí em 2013. Paulo desce desse céu, coloca a peruca e vai pro desfile”.

Segundo setor: “A gente fala sobre um pouco da trajetória de Paulo até o seu grande sucesso que é a “Hermínia do Amaral”, recorde de bilheteria em todo o Brasil”.

Foto: Rafael Arantes/Divulgação São Clemente

Terceiro setor: “No meio de tanta gargalhada veio o amor. Que é com o Thales e as crianças. Vamos contar um pouco do amor entre os dois, eles como cena de filme, o cupido me flechou. Até chegar os filhos que é a coisa mais linda”.

Quarto setor: “Depois a gente fala do bonde das amigas, que falamos de peças, participações e amigos do Paulo. Vamos ter o carro 220 Volts, nesse carro a gente faz uma brincadeira com “Minha vida em Marte", porque é uma história de dois amigos”.

Quinto setor: “A gente vem trazendo a força das mulheres da família dele, agradecendo Paulo por tudo. A irmã como fiel escudeira que sempre estava junto com ele. E o clementiano agradece ao Paulo por tudo, o Brasil agradece por toda essa comédia, essa alegria e como ele levava para as casas dos cidadãos brasileiros o conforto, a palavra como Dona Hermínia do Amaral.”

Ficha técnica:
Número de alegorias: Seis alegorias e dois tripés
Número de alas: 25
Carnavalesco: Tiago Martins
Assistente: Sérgio Borges
Coordenador de protótipo: Rogério Pacheco
Responsável do barracão: Kaká
Chefes de equipe de decoração: Eliseu, Lili, Vinícius, Douglas e William
Projetista: João

- ads-

Salgueiro oferece curso gratuito sobre Imposto de Renda para Pessoa Física

O Projeto Salgueiro Social, do GRES Acadêmicos do Salgueiro, em parceria com o Centro Universário Internacional Signorelli, dá início neste mês de abril a...

Leia a sinopse do enredo da Portela sobre Milton Nascimento para o Carnaval 2025

Cantar será buscar o caminho que vai dar no Sol Uma homenagem a Milton Nascimento “Só quem toma um sonho Como sua forma de viver Pode desvendar o...

Três novos enredistas se juntam à equipe da Beija-Flor de Nilópolis para o Carnaval de 2025

A Beija-Flor de Nilópolis anuncia a chegada de três novos talentos que formam a equipe de enredistas para o Carnaval de 2025. Bianca Behrenda,...