InícioGrupo EspecialSem restrição! Escolas podem fazer seus ensaios de rua

Sem restrição! Escolas podem fazer seus ensaios de rua

Previsão é que os ensaios voltem no meio de fevereiro ou início de março, afinal, o custo do aluguel do carro de som e outras demandas impactam no orçamento das agremiações

Não existe nenhuma restrição sanitária da Prefeitura do Rio de Janeiro para que as escolas de samba realizem seus ensaios de rua e se preparem para os desfiles em abril deste ano. A solicitação da Riotur era para uma pausa, não data, mas que segundo o site CARNAVALESCO apurou duraria por 15 dias.

Agora, a previsão é que os ensaios voltem no meio de fevereiro ou início de março, afinal, o custo do aluguel do carro de som e outras demandas impactam no orçamento das agremiações. Porém, quem já quiser treinar imediatamente está liberado.

Diretor de marketing da Liesa, Gabriel David, confirmou ao CARNAVALESCO que não existe nenhuma restrição sanitária do poder público que impeça os ensaios de rua. “Hoje não há protocolo que impeça ensaios de rua. O que houve foi um pedido”, afirmou.

Durante o encontro com os presidentes das escolas de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro, na última segunda-feira, o prefeito Eduardo Paes explicou que as obras de recapeamento da pista e instalação do novo sistema de escoamento de águas pluviais do Sambódromo já entraram em sua fase final. Ao site CARNAVALESCO, o presidente Jorge Perlingeiro revelou a projeção de fazer os ensaios técnicos nos meses de março e abril.

“Dei a sugestão e o prefeito acatou de fazermos durante durante os meses de março e abril muitos ensaios técnicos. A Viradouro fechará sozinha, como campeã, o teste de som e luz. Vamos divulgar em breve o calendário. Segundo o secretário de Saúde, Daniel Soranz, o pico da pandemia começa a baixar no início de fevereiro e em março aí poderíamos ter público presente. Isso será o maior incentivo para o carnaval. A mídia maior será o ensaio técnico. Essa é uma vantagem de termos adiado os desfiles. O mês de abril não chove, outra vantagem. Não era o que queríamos, mas foi a solução. A gente ainda possui 45% da carga de ingressos para vender e temos certeza que vão esgotar. Com os desfiles garantidos e os ensaios técnicos na Avenida vamos ter uma procura muito grande do público”, afirmou o presidente da Liesa.

- ads-

É a bateria do Zaca! Mestre Serginho se diz contente pela proposta diferente e conquista do Estrela do Carnaval

A “Bateria do Zaca” vive uma fase espetacular. É o segundo ano consecutivo em que a batucada comandada por mestre Serginho conquista os 40...

‘Reflete a alma e a ancestralidade que o Salgueiro tanto valoriza’, diz Jorge Silveira sobre o enredo para o Carnaval 2025

O carnavalesco Jorge Silveira falou sobre o enredo do Salgueiro para o Carnaval 2025, que foi divulgado na noite desta sexta-feira. Intitulado "Salgueiro de...

Conheça o enredo do Salgueiro para o Carnaval 2025

“De corpo fechado”: preparo o tacho de óleo de oliva, arruda, guiné, alecrim, carqueja, alho e cravo. Com o sinal da cruz na fronte,...