InícioIntendenteRenascer de Jacarepaguá faz desfile de alto nível plástico e mostra força...

Renascer de Jacarepaguá faz desfile de alto nível plástico e mostra força dos quesitos

A Renascer de Jacarepaguá foi a quinta agremiação a desfilar na noite desta sexta-feira, pela Série Prata. A agremiação levou para a avenida o enredo “Ubuntu – do berço ancestral, um ideal para mudar o mundo”, do carnavalesco Rodrigo Pacheco. A apresentação foi marcada pelo alto padrão plástico e pela ótima comissão de frente.

Comissão de Frente

Brilhou. Comandada pelo coreógrafo Carlos Fontinelle, a comissão de frente da Renascer teve o objetivo de caracterizar o elo entre o divino e as raízes da humanidade. Com 11 componentes, o quesito contou com um tripé que representou baobá, uma árvore africana que, na cultura local, representa a vida e a ancestralidade. A escultura chamou a atenção do público pelo bom acabamento e pelos movimentos sincronizados com os bailarinos. A apresentação repleta de expressão e referências ao samba abrilhantaram ainda mais a ótima apresentação.

Mestre-sala e Porta-bandeira

A dupla formada por Luiz Felipe Russier e Juliana Lázaro uniu o bailado tradicional a pequenos passos coreografados em referência ao samba. Destaque para a ótima sincronia e conexão entre o casal. A indumentária, que representou a riqueza ancestral de Ubuntu, também chamava a atenção pela luxuosidade.

Enredo

O enredo “Ubuntu – do berço ancestral, um ideal para mudar o mundo”, foi desenvolvido pelo carnavalesco Rodrigo Pacheco e Alex Santos. Ubuntu é uma palavra africana que sintetiza uma filosofia de respeito, igualdade, união e resistência. A proposta, segundo a escola, foi ressaltar que “o continente africano também pode e deve ser mostrado pelo seu conhecimento a respeito do papel dos seres humanos no conjunto de fatores que determinam a vida no Universo”. Uma obra atual e com uma importante mensagem pela construção de um mundo democrático, inclusivo e antirracista.

Alegorias

A agremiação da Zona Oeste levou para a Intendente Magalhães três alegorias. O abre-alas, que representou “África, o ventre ancestral”, chamou a atenção pelo ótimo acabamento, além da riqueza de detalhes. O comprimento e altura dos carros alegóricos também impressionaram. A Renascer foi ousada no quesito e mostrou um trabalho espetacular.

Fantasias

Acima do padrão da Intendente Magalhães. Bem acabadas, ricas em detalhes e luxuosas. A qualidade das alegorias e fantasias da agremiação foi surpreendente e realçou o bom desfile da escola. Destaque para a ala 13, que representou “A educação a chave para mudar o mundo”. Os componentes da ala desfilaram com as tradicionais becas de formatura.

Harmonia

Destaque para o intérprete Leonardo Bessa, que comandou o carro de som da Renascer. No estilo puxador, o cantor foi fundamental para o sucesso do samba-enredo na avenida e levantou a comunidade. Os componentes apresentaram um canto regular, mas bom o suficiente para somar ainda mais ao belo desfile da agremiação de Jacarepaguá.

Samba-enredo

A obra é de autoria dos compositores Arlindinho Cruz, Diogo Nogueira, Daniel Kattar, Fábio TRF, Igor Federal, Igor Leal, Inácio Rios, Leonardo Bessa, Marcelo Valencia, Marcio André, Marcio André Filho e Vaguinho. Um samba-enredo forte e que teve um grande rendimento na Intendente Magalhães. A letra contribuiu ainda mais para a fácil leitura do enredo. Entre a comunidade, o último verso do refrão final marcava um ápice: “Ninguém solta a mão de ninguém”. O verso “Racismo nunca mais” também era cantado a plenos pulmões pela comunidade.

Evolução

Alegres, os componentes puderam brincar carnaval e evoluir sem pressa. O único problema ocorreu na terceira cabine de julgadores, quando o motorista do carro de som – que não é de responsabilidade da escola – demorou para acelerar e ocasionou um pequeno buraco. O desfile foi encerrado com calma, aos 38 minutos.

Outros destaques

Destaque para a bateria “Guerreira”, que deu um verdadeiro show na Intendente Magalhães. Os ritmistas, sob o comando do mestre Felipe D’Lélis, mostraram um grande entrosamento com o carro de som

- ads-

Jorge Silveira exalta preparação da Mocidade Alegre para ganhar duas categorias no Estrela do Carnaval: ‘São Paulo cada vez mais competitivo’

Em 2024, a Mocidade Alegre foi bicampeã do Grupo Especial do carnaval de São Paulo, conseguindo unir beleza e facilidade de leitura para tratar...

Ei Psiu! Emerson Dias comemora chegada no carnaval de São Paulo e estreia levantando comunidade da MUM

A Mocidade Unida da Mooca apresentou seu novo intérprete para o carnaval de 2025, e é Emerson Dias, que fará sua estreia em São...

É a bateria do Zaca! Mestre Serginho se diz contente pela proposta diferente e conquista do Estrela do Carnaval

A “Bateria do Zaca” vive uma fase espetacular. É o segundo ano consecutivo em que a batucada comandada por mestre Serginho conquista os 40...