A Lins Imperial, agremiação que desfilará na Ernani Cardoso pela Série Prata em 2024, voltará a ter como voz oficial para o próximo carnaval, apenas o intérprete Rafael Tinguinha. O cantor, que chegou à agremiação como reforço para o Carnaval 2017, assumirá pelo sétimo ano consecutivo o comando do carro de som da verde e rosa do Lins de Vasconcelos.

Foto: Rafael Arantes/Divulgação

Filho do intérprete oficial da Unidos de Vila Isabel, Rafael Tinguinha é cantor e compositor e teve em 2018 sua primeira experiência como intérprete oficial em carreira solo. Oriundo da Herdeiros da Vila, escola de samba mirim pela qual cantou dos oito aos dezoito anos de idade, Tinguinha já teve passagem também pela escola de samba mirim Tijuquinha do Borel. No Grupo Especial já cantou ao lado de Tinga, seu pai, na Unidos de Vila Isabel e na Unidos da Tijuca, como apoio. No próximo carnaval também será intérprete oficial da Em Cima da Hora, na Série Ouro.

“Fiz um grande trabalho com o Lucas Donato. Tenho certeza que juntos trocamos muitas experiências e amadurecimento profissional. É uma amizade que cultivarei para o resto da minha vida. Desejo sorte e sucesso na sua nova caminhada, agora em São Paulo. Reassumir o comando sono do microfone é uma honra. A Lins Imperial é a minha casa, é a minha família. Me sinto totalmente à vontade por aqui”, revela o intérprete.

A agremiação do Grande Méier prepara festa de lançamento e apresentação da equipe do Carnaval 2024 para o dia 23 de julho. Para voltar a ser protagonista e retornar à Sapucaí, a escola planeja um pacote de reforços.