A vice-campeã do Grupo de Acesso I em 2022, Independente Tricolor, vai divulgar seu enredo neste sábado e antes disso anunciou seu novo intérprete diretamente do Rio de Janeiro: Lico Monteiro.

Foto: Divulgação

Desde 2004 no carnaval do Rio de Janeiro, Lico Monteiro começou com a Caprichosos de Pilares. Foi apoio de Leonardo Bessa na Arranco e São Clemente, do Tinga na Vila Isabel, de Zé Paulo Sierra e Dominguinhos na Viradouro. Assim como foi intérprete oficial da Acadêmicos da Abolição, Vizinha Faladeira, Unidos de Bangu e Em Cima da Hora.

Na temporada de 2019 junto com Pixulé comandou o carro de som da Unidos da Ponte e em 2020 esteve na Tradição junto com Celino Dias. E em 2020, fez sua estreia em São Paulo, esteve como apoio de Pê Santana na X-9 Paulistana em São Paulo. Pois em 2022, Lico foi um dos compositores do samba-enredo campeão da Mancha Verde, e também da Águia de Ouro.

Para 2023 será parceiro do mesmo Pê Santana, só que desta vez como intérprete oficial na Independente Tricolor. Jovem escola que estará pela segunda vez em sua história no Grupo Especial, a outra vez foi em 2018.

A Independente divulgou em sua rede social sobre o reforço: “Lico Monteiro, está chegando para dividir o primeiro microfone com o nosso atual intérprete oficial, Pê Santana. Lico, seja muito bem vindo a maior Família Tricolor do Brasil”.

Lico Monteiro terá a responsabilidade de assumir o lugar de Rafael Pinah que estava no comando do carro de som desde 2019 na escola tricolor, e que decidiu seguir um caminho “fora do universo das escolas de samba” em 2023.

Em sua rede social, Lico Monteiro agradeceu: “Vamos na fé… Vamos com Deus. Muito obrigado Nação Tricolor, Muito obrigado obrigado Presidente Batata”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui