InícioSão PauloPresidente da Colorado do Brás avalia momento da escola e comenta sobre...

Presidente da Colorado do Brás avalia momento da escola e comenta sobre mudanças na equipe em 2024

Colorado do Brás caiu do Especial para o Acesso I em 2022 e ficou em 5ª neste ano

A Colorado do Brás teve uma reestruturação e voltou ao Grupo Especial em 2019, onde permaneceu até 2022, e o sentimento é que ficariam caso não fosse a punição recebida de 0,5 pontos por ‘merchandising’. Pois a agremiação recalcula rota e busca o retorno ao Grupo Especial que não foi possível em 2023, quando ficou na 5ª colocação do Acesso I. Neste domingo, a escola escolhe seu samba-enredo para o desfile de 2024.

Foto: Fábio Martins/CARNAVALESCO

O presidente Ka, conversou com o site CARNAVALESCO e fez uma breve avaliação sobre como a agremiação da região do Brás, região central de São Paulo, está sendo preparada para o carnaval de 2024.

“Na verdade, a gente vem de renovações, o Anselmo (carnavalesco) veio ano passado no meio do carnaval, não conseguiu fazer o projeto inteiro dele. Esse ano está pegando desde o começo, desde o enredo, escolhemos juntos o enredo. E também o Acerola que vem para renovar a bateria, o Allan ficou seis anos como mestre, teve uma passagem muito legal, significativa para a escola, mas acho que acabou o ciclo. E estamos em um projeto legal, o enredo é muito legal, esperar renovações, o jeito de ser julgado diferente, mas o carnaval está desse jeito, estamos trabalhando”.

A Colorado do Brás fez troca na Ritmo Responsa, saiu o mestre Allan Meira e entrou o Acerola de Angola, que estava na Unidos do Peruche. Assim como João Daniel assumiu a diretoria de harmonia, desta vez sem trabalho conjunto como vinha sendo feito. Foram as principais mudanças no time da agremiação e o presidente comentou sobre.

“O João (diretor de harmonia) já vinha junto com harmonia, ele fez com Ulisses, Diego, Jennifer e fez com a Jussara, acho que é o momento dele, vamos dizer assim, ter um lugar ao sol, tem que provar para nós que ele é capaz de fazer sozinho, no Acesso, é o momento dele. E o Acerola mesma coisa, muitas pessoas me procuraram, mas achei que o momento é do Acerola, conheço ele do carnaval, sei da competência dele. Realmente demos umas renovadas”.

Para 2024, a Colorado vai trazer o enredo “Os encantos da raiz do mandacaru” e já está em processo avançado de escolha do samba, com disputa aberta na agremiação. Na próxima semana, já acontecerá a final do samba.

“Estamos trabalhando já, desenhamos os carros, baianas, recebemos treze sambas que é um número bastante significativo, no acesso principalmente. Estamos felizes com o momento da escola. Chateados e um pouco frustrados com o resultado, lógico, não trabalhamos para isso. Mas vamos trabalhar de novo, já estamos trabalhando, e vamos em busca do nosso sonho que é voltar onde achamos que não merecíamos ter saído”.

O desfile da Colorado do Brás está marcado para o dia 11 de fevereiro, domingo de carnaval, sendo a quinta agremiação a entrar no Grupo de Acesso I, por volta de 1h da manhã.

- ads-

Série Prata: Botafogo Samba Clube e Tradição sobem para Série Ouro e vão desfilar na Sapucaí em 2025

A Botafogo Samba Clube e Tradição venceram seus dias de desfiles na Série Prata e conquistaram o acesso para Série Ouro e vão desfilar...

Mocidade anuncia renovação do casal de mestre-sala e porta-bandeira

A Mocidade Independente de Padre Miguel anunciou na tarde desta terça-feira a renovação do casal de mestre-sala e porta-bandeira, Diogo e Bruna, para o...

Série Bronze: Boi da Ilha é a campeã; sobem para Série Prata também o Império de Nova Iguaçu, Alegria do Vilar e Chatuba de...

Por Lucas Santos e Rafael Soares O Boi da Ilha do Governador foi campeã geral da Série Bronze no Carnaval 2024 e garante o direito...