Em coletiva de imprensa realizada na tarde desta quinta-feira, na Cidade do Samba, a Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa), apresentou oficialmente a nova marca do carnaval das escolas de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro. Criada pela Tátil Design, o desenho traz a força da comunidade do samba e foi inspirado no balanço da porta-bandeira, personagem icônico dentro de uma agremiação, para a sua construção.

Foto: Henrique Matos/Divulgação Liesa

Escritório responsável por criar a marca, a Tátil Design montou uma equipe multidisciplinar e foi a campo para identificar os elementos essenciais para a construção da festa e do símbolo que representasse o Carnaval. A empresa trouxe para o time de criação o André Rodrigues (carnavalesco do Sossego e integrande da Beija-Flor), que desde os 15 anos trabalha com o Carnaval contribuindo com a visão de quem está dentro do universo.

“Ouvimos profissionais e amantes do Carnaval do Rio, foram mais de 3 mil pessoas envolvidas. Tivemos a honra de conversar com verdadeiras personalidades do samba. Ouvimos histórias de como tudo começou e a pergunta que sempre nos fazíamos era: Se fosse preciso escolher apenas um símbolo que representasse o Carnaval das Escolas de Samba, qual seria? Foi quando descobrimos que a bandeira, ou o pavilhão, como os mestres se referem, foi unanimidade, símbolo da origem de tudo”, conta Alice Gelli, diretora criativa do projeto.

O processo de construção da marca durou em torno de seis meses que envolveu entrevistas com ícones do samba, entre eles, Rosa Magalhães, Laíla, Milton Cunha; e Monarco.

“Fomos para Cidade do Samba, aumentamos o time, abrimos mais experimentações para o processo e mergulhamos para entender o que estava por trás desse ícone, qual seria a essência da bandeira. Estudamos o movimento, o rastro que ela produz e a magia que ela transmite”, explica Fred Gelli, CEO da Tátil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui