Presente na reunião plenária, na noite de segunda-feira, na Cidade do Samba, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, garantiu a realização dos desfiles das escolas de samba em abril de 2022. Ele assegurou que as escolas continuarão recebendo os repasses da prefeitura, o que permitirá manter o quadro de funcionários nos barracões da Cidade do Samba e nas quadras de ensaios.

Foto: Henrique Matos/Divulgação Liesa

“Contem conosco. Temos uma responsabilidade grande pela frente, um compromisso com a nossa Cidade, o Estado e o País. Precisamos reverter este quadro de dificuldades e, juntos, fazer um grande espetáculo, que honre as tradições no nosso Carnaval! É o que peço aos senhores”, disse o prefeito.

Paes explicou que, diante das dificuldades causadas pelo avanço da pandemia, que também provocou a retração do mercado, o adiamento dos desfiles foi a melhor decisão.

“Foi a forma de preservar a saúde dos sambistas, do público e a economia dos parceiros que investem na festa” – destacou, explicando que, com o declínio das estatísticas da doença esperado para as próximas semanas, Prefeitura e Liesa poderão se concentrar na produção de um grande desfile”, frisou.

Obras no Sambódromo não param

Paes explicou que as obras de recapeamento da pista e instalação do novo sistema de escoamento de águas pluviais do Sambódromo já entraram em sua fase final. Ressaltou que haverá tempo para trazer de volta os ensaios técnicos na Passarela, reunindo as agremiações dos Grupos Especial e da Série Ouro, durante seis ou sete finais de semana, de março a abril.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui