Quem conhece o Brasil sabe, somos o país do samba, futebol e do carnaval. Afinal, toda a beleza natural se transforma no palco ideal para que foliões conquistem as ruas e passem dias e noites se divertindo pela simples alegria de viver em um lugar tão rico. Porém, o que muita gente desconhece é que existem muitos carnavais para além do famoso carnaval do Rio de Janeiro.

Além do carnaval no Rio, cidades como São Paulo, Salvador, Olinda e Recife também fazem grandes festas carnavalescas que valem a pena serem visitadas durante os meses de fevereiro. Quem gosta de acessar sites como https://vulkanvegas.com/pt para se divertir, precisa conhecer o que o Brasil pode te oferecer. Confira.

1. Parintins — Amazonas

Imagine chegar no meio da floresta amazônica e encontrar uma multidão, todas fantasias, com roupas coloridas, dançando e se divertindo durante uma semana, no meio do inverno brasileiro? Pois é, esse é o sentimento de quem vai visitar a cidade de Parintins, no estado do Amazonas, durante a última semana de junho.

Esse festival segue uma tradição folclórica tipicamente brasileira, a disputa entre dois bois, o Garantido e o Caprichoso. Esses bois já se tornaram lendas e fizeram do festival de Parintins uma dos patrimônios culturais do Brasil. Eles movimentam toda a economia e cultura de uma região afastada e distante dos grandes centros urbanos.

Na festa, já passaram as principais bandas brasileiras, com Barão Vermelho e Fafá de Belém. O festival se encontra na sua 55.ª edição e pretende continuar por mais meio século. Se você está pensando em visitar o Brasil fora das altas temporadas de verão, vale a pena reservar sua passagem para o coração do Amazonas e conhecer essa festa que conquistou o nosso coração.

2. Lavagem do Bonfim — Salvador

A primeira capital do Brasil também é conhecida pelo carnaval, seus prédios históricos e seu belíssimo pôr-do-sol. Além disso, em janeiro, toda quinta-feira que antecede o segundo domingo do Dia de Reis, acontece um dos eventos mais bonitos que se tem notícia, a lavagem da escadaria da Igreja do Bonfim, em Salvador.

Nesse dia, um grupo de centenas de mulheres se junta, vestem suas roupas brancas e se dirigem à escadaria da Igreja do Bonfim, no alto no morro do Bonfim. Elas descem jogando água e fazendo orações para que Deus proteja a cidade e todos aqueles que ali estão. É um festival religioso, mas também cultural e muito divertido. A tradição começou no século XVII, quando os escravos lavavam a Igreja em preparação para as festas religiosas católicas do Dia de Reis. Com a abolição da escravidão, a tradição

de manteve como uma forma de relembrar a memória de todos aqueles escravizados em Salvador, a capital mais negra do Brasil. É lindo ver as 200 baianas descendo as escadas e fazendo suas preces, e após quebrar, comer um acarajé e apreciar a vista linda do local.

3. Festa de São João — Campina Grande

Uma tradição muito presente na vida de todos os brasileiros, as festas juninas ajudam a aquecer os corações durante os períodos em que as temperaturas começam a cair nas principais regiões do país. Durante o mês de junho as cidades brasileiras são tomadas de bandeirinhas, barracas de comida, muita música e diversão nas festas juninas.

Mas uma dessas festas se destaca das demais, a Festa de São João de Campina Grande. Conhecido como o maior São João do mundo, o evento percorre todo o mês de Junho com festas, shows, música, dança, bebida e comida. As quadrilhas são um show a partir e a culinária nordestina tem um lugar de destaque na festa.

A cidade de Campina Grande, com pouco mais de 400 mil habitantes, chega a receber 2 milhões de pessoas, quatro vezes mais que sua população local. Uma fogueira gigante é erguida em comemoração ao evento e uma cidade cenográfica é montada, tudo para que os visitantes se sintam em uma vila antiga, como eram as principais cidades do Brasil no período colonial.

4. Festa do Peão — Barretos

A cultura caipira é muito forte no Brasil. Não à toa, existem diversas festas que acontecem no interior do país para comemorar e festejar o jeito de ser dos caipiras brasileiros. Uma dessas festas é a Festa do Peão, que acontece em Barretos, todos os meses de agosto. A festa contou com rodeios, shows e muita diversão para os presentes.

Tradicionalmente, a festa começou quando os peões que acompanhavam as comitivas de boiadas para pastar na região, acabavam parando no final da tarde para se divertir. Um grupo desses peões resolveu transformar a festa em um evento grandioso. Convidaram o arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer para projetar a arena e criaram a maior festa do peão
do Brasil.

É um evento que conta com os principais nomes da música caipira e sertaneja do país, além de rodeios que não perdem nada para os rodeios americanos. O evento dura toda a segunda metade do mês de agosto e toma conta do interior de São Paulo. É uma ótima oportunidade para quem quer conhecer um pouco mais sobre a cultura caipira do Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui