InícioSão PauloMocidade Unida da Mooca realiza segundo ensaio técnico com destaques para comissão...

Mocidade Unida da Mooca realiza segundo ensaio técnico com destaques para comissão de frente e harmonia

Por Gustavo Lima e fotos de Fábio Martins

Um ensaio técnico recheado de emoções foi realizado pela Mocidade Unida da Mooca neste último domingo. Isso porque a homenageada, Helena Theodoro, esteve presente e discursou para a comunidade antes do início. Foi um grande combustível para os componentes pisarem ainda com mais força no Anhembi. “Todo mundo tem uma Helena dentro de si”, dizia a escritora.

O canto da comunidade e a comissão de frente foram destaques. E também há de se destacar a total seriedade que a agremiação leva os seus ensaios técnicos. Fazem questão de levar tripés ao sambódromo para realmente demarcar os espaços de evolução.

Comissão de frente

Uma bela comissão foi apresentada no Anhembi pela MUM. Havia duas personagens principais, sendo uma delas a Helena Theodoro criança e a outra a orixá Iansã, que é mãe da homenageada na religião umbanda. O que se via na comissão, aparentemente, era uma interagindo com a outra e resumidamente a entidade passava bênçãos para Helena, que conseguia obter o seu dom de escritora. Dá para supor isso, pois logo depois da interação, a menina sobe no tripé e começa a escrever e movimentar o livro, como se tivesse jogando palavras para o público e arquibancada. Criativa apresentação da ala, que é comandada por Nilson Jaffer.

Mestre-sala e Porta-bandeira

O casal Jefferson Gomes e Karina Zamparolli, executaram um ensaio agradável. A dupla já mostra estar à vontade com o pavilhão da Mocidade Unida da Mooca. Deu para notar um ensaio estratégico, com giros horários e anti-horários somente nos momentos que se pede, que são os módulos. Nas demais partes, a dupla optou por se preservar e bailar estendendo o pavilhão, tendo como prioridade colocar a intensidade nos locais de julgamento.

Harmonia

É o ponto forte da escola e não é de hoje. A MUM tem uma comunidade engajada desde quando subiu e sempre compram todos os projetos de carnaval, que são liderados pelo presidente Rafael Falanga – O mesmo diz que “escola que canta, ganha”. E acabou virando um lema. Sendo assim, o samba foi aceito logo de cara, muito bem trabalhado nos ensaios de quadra e, posteriormente, levado ao Anhembi para concluir o objetivo. Uma melodia forte e para cima, especialmente nos refrões, facilitando o canto da comunidade.

A parte mais cantada pela comunidade é o refrão principal, com destaque para a frase: Axé Helena! Mojubá! Elegbará!”.

Evolução

A escola tem uma evolução um tanto criativa. Há muitos movimentos, giros, coreografias, corpos balançando para frente e para trás. Os componentes são instruídos a incorporarem a letra do samba. Com bexigões em vermelho e verde, nas cores da agremiação, dava um tom bacana na pista. A comunidade estava solta e compacta. Mesmo com os vários tripés, a evolução dos componentes não foi comprometida.

Samba-enredo

Grande atuação dos intérpretes Gui Cruz, Clayton Reis e a nova cara do time musical, Bico Doce. Vale destacar que nas caixas de som, percebeu-se a voz do recém-contratado mais forte que a dos dois jovens da casa. Entretanto, o fato é que todo o carro de som conseguiu o feito de potencializar a música, o que está a altura de uma homenagem para Helena.

Outros destaques

A bateria “Chapa Quente”, do mestre Dennys Silva soltou bossas e fez o que o samba pede: andamento acelerado para um samba que tem uma melodia para frente.

A rainha de bateria Valeska Reis teve toda uma coreografia somente para ela. Bailarinos faziam bela coreografia em volta da dançarina enquanto sambava. Uma apresentação diferente no que se diz respeito a uma rainha de bateria.

A ala das baianas foi inteiramente vestida com um belo saiote com estampas marrom e em desenhos de borboleta. Diferente vestimenta para as mães do samba. Vários tripés foram junto do ensaio, o que quer dizer que a MUM quer marcar o espaço corretamente.

- ads-

Entrevistão com Solange Cruz, presidente da Mocidade Alegre: ‘Gosto muito de trabalhar em prol do carnaval, mas acho que tudo tem que ser saudável’

Em 2024, a Mocidade Alegre conquistou o bicampeonato consecutivo do carnaval de São Paulo. Foi o 12º título da Morada do Samba, que assumiu...

Navegando pela Verdade: A Cruzada da JetX Bet Contra a Desinformação Digital

Revelando o Dilema da Desinformação Digital As informações se espalham como incêndio pelas mídias sociais e outras plataformas on-line no mundo digital de hoje, mas...

Tuiuti apresenta direção de carnaval e harmonia para o Carnaval 2025

O Paraíso do Tuiuti apresentou a direção de carnaval e harmonia para o desfile do ano que vem. Veja abaixo a publicação da escola. "O...