InícioGrupo EspecialMangueira realiza Feira Literária no Palácio do Samba

Mangueira realiza Feira Literária no Palácio do Samba

Conhecida pela inovação e apresentações vibrantes durante o Carnaval, a Mangueira promove a primeira edição de sua Feira Literária e Cultural, a FLIC Mangueira. O evento, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, será realizado na próxima sexta e sábado, na quadra da verde e rosa. Os visitantes poderão participar de oficinas de criação poética, de percussão, contação de histórias, lançamentos de livros, bate-papos com autores, além de apresentações artísticas e, claro, muita roda de samba.

No estande da SME, visitantes e alunos da rede municipal – da educação infantil ao ensino fundamental, poderão participar de contação de histórias afro e indígenas, rodas de conversa e encontro com autores. O Espaço Oficinas vai oferecer uma programação com oficinas de criação poética, escrita criativa, e de masculinidades positivas. O estande Livres para Estudar vai ser voltado para a realização de palestras e rodas de conversa sobre o combate à violência de gênero, saúde da mulher e pobreza menstrual, com distribuição de absorventes íntimos para as alunas da rede municipal presentes ao evento. A quadra da Estação Primeira será ocupada também por estandes de editoras, autores independentes e food trucks.

“A realização de uma feira literária na Mangueira é uma excelente oportunidade de estimular o amor pela leitura e promover o acesso à cultura, sobretudo entre os jovens”, afirma o secretário de educação, Renan Ferreirinha. “É a chance de descobrir e prestigiar obras de autores renomados e de escritores ainda pouco conhecidos. Temos ainda, neste encontro, a oportunidade de aliar o amor ao samba, mergulhar na nossa história, e ainda estimular a leitura”, comenta o secretário de Educação, Renan Ferreirinha.

Vale lembrar que não é de hoje a relação da Mangueira com a Educação, a escola de samba foi pioneira ao apoiar na inauguração da primeira escola em uma favela no país, em 1935, a Escola Municipal Humberto de Campos. “A Estação Primeira de Mangueira possui um papel histórico de extrema importância para a democratização do acesso à educação neste país”, lembra Guanayra Firmino, presidente da Mangueira.

A programação variada promete agradar a todos os gostos e idades, com atividades que valorizam a diversidade cultural presente no subúrbio, o empoderamento da população negra e a promoção da equidade de gênero.

Serviço:
26 e 27 de maio de 2023, com abertura ao público a partir das 10h.
Abertura oficial do evento será realizada no dia 26 de maio às 11h.
Quadra da Mangueira, Palácio do Samba, Rua Visconde de Niterói, 1072, Mangueira.
A entrada é gratuita.

- ads-

Sinopse da Beija-Flor de Nilópolis para o Carnaval 2025

Enredo: “LAÍLA DE TODOS OS SANTOS, LAÍLA DE TODOS OS SAMBAS” INTRODUÇÃO / JUSTIFICATIVA "Veje bem", A importância do Laíla para o Samba e o Carnaval é...

Cícero e Lara comentam enredo da UPM para o Carnaval 2025: ‘Foi amor à primeira vista’

Cícero Costa e Lara Mara, pai e filha, são diretores de carnaval da Unidos de Padre Miguel. A escola, em preparação para o Carnaval...

Fazendo jus ao nome escola de samba, Tarcísio Zanon encontra receita para os enredos da Viradouro

Tarcísio Zanon, carnavalesco da Viradouro desde 2020, conversou com o site CARNAVALESCO e revelou o que esperar da Vermelho e Branco de Niterói para...