A Imperatriz Leopoldinense levará para a Marquês de Sapucaí em 2023 o enredo “O aperreio do cabra que o excomungado tratou com má-querença e o santíssimo não deu guarida”, do carnavalesco Leandro Vieira. O artista prepara uma abertura de desfile com dinâmica coreográfica e diz ter como trunfo a pegada dançante que o xaxado, dança praticada por Lampião e seus cangaçeiros, pode imprimir na apresentação leopoldinense.

Foto: Nelson Malfacini/Divulgação Imperatriz

“Logo na abertura, o bando de Lampião faz sua última invasão: a Sapucaí. Dançando samba e xaxado, a ala coreografada comandada pelo Márcio e pela Sabrina [coreógrafos da Imperatriz] é uma aposta de alegria e dinâmica quente logo na chegada da verde e branco. É chegar pra invadir. Tenho certeza que juntando a galera que quer pisar forte com a Imperatriz na avenida e o talento dos meus coreógrafos pisaremos quente pra alegrar e esquentar o carnaval”, afirma Leandro.

Outra proposta de dinâmica coreográfica do carnavalesco está no setor que aborda a chegada de Lampião ao céu. Para expulsar o cangaceiro do lugar santo, o carnavalesco vislumbrou uma quadrilha junina com os santos populares no imaginário sertanejo dispostos a colocar o personagem central do enredo para fora da morada celestial. Os coreógrafos já trabalham com entusiasmo no projeto e agora abrem vagas para os interessados em compor o grupo.

“O subúrbio do Rio é uma referência na dança junina. Nos bairros da Zona da Leopoldina existem inúmeros quadrilheiros e quadrilheiras que representam a dança tradicionalmente brasileira. Fazemos o convite para que essa turma também esteja conosco nessa ideia de juntar o universo junino com o palco principal do carnaval brasileiro”, diz a coreógrafa da equipe criativa da Imperatriz, Sabrina Sant’Anna.

Para participar das alas coreografadas por Márcio Dellawegah e Sabrina Sant’Ana na Imperatriz Leopoldinense, os interessados devem ir até a quadra da Imperatriz com RG e CPF para efetivar a inscrição gratuitamente, a partir desta quinta-feira. A quadra da escola fica Rua Professor Lacê, 235, Ramos, Zona Norte do Rio. As matrículas podem ser feitas às terças e quintas-feiras, das 19h às 21h.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui