InícioGrupo Especial'Imperatriz mostrou que nunca deveria ter saído do Especial', declara presidente

‘Imperatriz mostrou que nunca deveria ter saído do Especial’, declara presidente

Rainha de Ramos fez uma das maiores aberturas da história do Grupo Especial

A Imperatriz abriu a noite de desfiles do Grupo Especial com um grande espetáculo. Rosa Magalhães mostrou porque é uma das maiores artistas da história do carnaval apresentando um conjunto de fantasias e alegorias luxuosas e de muito bom gosto. Com o enredo “Meninos eu vivi…Onde Canta o sabiá, onde cantam Dalva e Lamartine”, a escola de Ramos mostrou que voltou para ficar e brigar por uma vaga entre as primeiras colocadas.

Foto: Site CARNAVALESCO

Em entrevista para o site CARNAVALESCO, a presidente da Imperatriz, Catia Drummond, demostrou muita felicidade com a grande apresentação da escola e declarou que a Imperatriz voltou para o lugar de onde não deveria ter saído.

“A Imperatriz mostrou que nunca tinha que ter saído do Especial. Voltou para onde tinha que estar e vamos brigar entre as seis. Esperava até mais, mas a escola respondeu bem, o povo curtiu e abrimos o carnaval como nunca houve na avenida”.

O primeiro casal, Thiaguinho Mendonça e Rafaela Theodoro, estava vestido com uma fantasia muito bonita chamada de “Imperatriz- a manequim dos sonhos de Arlindo”, caracterizando o estilo romântico, histórico, barroco e tradicional da Rainha de Ramos desde sua fundação. A dupla vibrou bastante com o trabalho apresentado.

“Eu sabia que a Imperatriz poderia me emocionar, mas estando dentro da avenida não sabia que a emoção ia ser tanta. Fiz tudo que queria e um pouco mais. Terça-feira não sei o que vai acontecer, mas sábado estou aqui de novo com certeza”, declarou Thiaguinho.

“Foi maravilhoso. Estou sem palavras. Saiu tudo lindo, conforme nós planejamos e saio com a sensação de dever cumprido”, disse Rafaela.

Fafá de Belém veio deslumbrante em um dos carros e se mostrou emocionada e em êxtase com o que a Imperatriz apresentou na avenida: “Ainda não voltei, estou em outro plano. Parecia um grande baile e fiquei muito emocionada de fazer parte desse momento. Uma homenagem para Arlindo criada por Rosa Magalhães e no final uma homenagem para Luizinho e para completar uma imagem de Nossa Senhora de Nazaré, ou seja, com a bençãos lá de cima”.

- ads-

Ministro Silvio de Almeida veste Beija-Flor em ida para sessão do Conselho de Direitos Humanos da ONU

O ministro dos Direitos Humanos, Silvio de Almeida, usou uma peça do enredo da Beija-Flor de Nilópolis do Carnaval de 2022, intitulado "Empretecer o...

Acadêmicos de Niterói anuncia renovação com carnavalesco para o desfile de 2025

A Acadêmicos de Niterói anunciou o primeiro nome confirmado em sua equipe para o carnaval de 2025. A escola niteroiense renovou com o carnavalesco...

Entrevistão com Solange Cruz, presidente da Mocidade Alegre: ‘Gosto muito de trabalhar em prol do carnaval, mas acho que tudo tem que ser saudável’

Em 2024, a Mocidade Alegre conquistou o bicampeonato consecutivo do carnaval de São Paulo. Foi o 12º título da Morada do Samba, que assumiu...