InícioGrupo EspecialEvolução consistente, bateria impecável e canto forte da comunidade marcam primeiro ensaio...

Evolução consistente, bateria impecável e canto forte da comunidade marcam primeiro ensaio do ano da Viradouro

A Unidos do Viradouro fez seu primeiro ensaio de rua em 2023 e nem a chuva fina que caiu durante o treino desanimou seus componentes que cantaram em plenos pulmões por um pouco mais de 1 hora e 15 minutos pela Avenida Amaral Peixoto. O destaque foi para a bateria de mestre Ciça que, mais uma vez, deu o tom para o conduzir o espetáculo. O casal de mestre-sala e porta-bandeira, Julinho e Rute, mostrou grande entrosamento e a perfeição na dança. A Viradouro será a escola que fechará os desfiles de 2023, sendo a sexta escola a desfilar na madrugada de segunda para terça feira, com enredo “Rosa Maria Egipcíaca”, do carnavalesco Tarcísio Zanon.

O ensaio começou por volta das 19h contando em peso com a comunidade de Niterói. As alas estavam empolgadas com o samba na ponta da língua e cantando forte cada verso. Destaque ficou por conta das alas coreografadas que prometem muitas surpresas durante o desfile oficial. Por terem a oportunidade de ensaiar em uma avenida bem parecida com a Sapucaí os componentes aproveitaram bem para desenvolver tudo que foi ensaiado até o dia de hoje. Eles estão bem ensaiados e sincronizados. A evolução também mostrou estar afiada, com todas as alas fazendo seu trabalho, a bateria entrando no recuo com maestria e as alas não deixando espaço.

Bateria

A “Furacão Vermelho” foi o ápice da noite de ensaio da Viradouro. Mestre Ciça e seus ritmistas trouxeram uma cadência sensacional, com uma sinfonia de timbaus e agogôs. O comandante conduziu perfeitamente o ensaio, com paradinhas tanto no primeiro quanto no segundo refrão, e com toques de religiões matrizes africanas. Toda comunidade dançou na ginga dos ancestrais.

Na primeira parte do samba “Rosa Maria menina flor, rainha espelho mar, na pele do tambor”, quando chega nesta última frase mestre Ciça fez várias paradinhas e uma paradona, deixando os timbaus fazendo o trabalho de conduzir o momento, fazendo quem assistia o desfile ir aos gritos de emoção. Ele ainda citou que tem alguns arranjos para fazer e contou uma novidade que vai fazer na avenida.

“Gostei muito do ensaio de hoje. Bateria, carro de som, tudo aquilo que a gente está planejando fazer na avenida acho que deu certo no nosso ensaio. Ficamos 15 dias parados por causa das festas de fim de ano, mas foi muito positivo, ainda faltam 40 dias pra gente acertar uns detalhezinhos. O timbau será um dos nossos diferenciais. Terá mais agogôs também, inclusive, eu vou tocar. Vai ser bacana”, promete mestre Ciça.

Harmonia e Samba-Enredo

Resultado dos ensaios e maturação do samba, a obra é consistente e cheia de versos fortes. Em um momento, todos colocam a mão pra cima e ficam de punho cerrado. O intérprete Zé Paulo elogiou a fluidez do samba. Ele também pontuou a importância do ensaio na rua e citou sua parte preferida da composição que foi considerada uma das melhores do ano.

“A expectativa é muito grande porque a gente ensaia muito e acaba maturando o samba. Quanto mais a gente ensaia, quanto mais tempo a gente treina, o samba vai ganhando mais consistência, a expectativa é sempre a melhor. Fomos eleitos o melhor samba do ano. Ele tem diversas partes bonitas”, garantiu o intérprete Zé Paulo.

Mestre-sala e Porta-bandeira

O casal Julinho e Rute mostrou uma sintonia perfeita no ensaio, exibindo a elegância da dança e o entrosamento das coreografias. Eles comentaram a importância do ensaio de rua e como ajuda no dia a dia com a comunidade, ainda falaram sobre o andamento do desfile e a diferença do ensaio da quadra.

“Além da gente fazer as três cabines de jurados, realizamos na rua a coreografia original. Claro que de um domingo para o outro a gente muda um movimento. Estamos sempre ensaiando. O ensaio aqui também ajuda no condicionamento físico. Na quadra é um trabalho mais artístico”, disse Rute.

“Aqui é o mais próximo do desfile. Apresentação em linha reta. A escola procura colocar o andamento como é o desfile”, completou Julinho.

Evolução

A Vermelho e Branco de Niterói mostrou que está afiada na evolução, não deixando buracos ou espaços durante o ensaio. As alas estão conscientes de cada passo a ser dado na avenida. A entrada e saída da bateria foi destaque, a organização e o ritmo não se alteraram durante o movimento. A escola estava se divertindo na avenida com sorrisos, choros e o samba cantado a todo vapor. A parte que mais entusiasmava os integrantes foi o refrão principal.

Segundo o diretor de carnaval, Dudu Falcão, a Viradouro desfilará com 2500 integrantes. Ele comentou sobre as alas da comunidade, além de exaltar o trabalho e dizer que falta poucos detalhes para o desfile.

“É uma contagem regressiva, faltam 40 dias para o carnaval. A cada ensaio a gente tem que buscar melhorar sempre. A ideia de chegar em um grau de excelência agora não vai dar certo, a gente vai buscar melhorar sempre em cada ensaio. Hoje foi um baita de um ensaio, primeiro do ano, agora é hora de olhar ala a ala, movimento por movimento, canto por canto, e ter a certeza que vamos chegar na avenida no ápice do nosso desfile”, explicou Dudu Falcão.

Outros destaques

A ala das baianas deu show de elegância. Os giros exibiam o brilho das damas da Viradouro. A ala de passistas também caprichou, principalmente, quando interagiram com Erika Januza, já no fim do ensaio, para alegria da comunidade.

- ads-

Conheça o enredo da União da Ilha para o Carnaval 2025

A União da Ilha anunciou o enredo para o Carnaval 2025. O carnavalesco Marcus Ferreira será o responsável pelo desfile. Veja abaixo a publicação...

Jackson Carvalho, Marcelinho Emoção e Fabão Rodrigues assumem Comissão de Harmonia no Arranco

Para o Carnaval 2025, o Arranco contará com uma Comissão de Harmonia formada por Jackson Carvalho, Marcelinho Emoção e Fabão Rodrigues. Jackson Carvalho começou sua...

Vizinha Faladeira será homenageada com conjunto de Medalhas de Mérito Pedro Ernesto

No próximo dia 23 de abril, a histórica Associação Recreativa Escola de Samba Vizinha Faladeira, uma das pioneiras no cenário do carnaval carioca, terá...