A Porto da Pedra foi a quarta Escola a entrar na avenida no primeiro dia dos desfiles da Série Ouro. Com o enredo “O caçador que traz alegrias”, a escola de São Gonçalo homenageou a escritora e yalorixá Mãe Stella de Oxóssi, que lutou pelo respeito ao candomblé. A agremiação fez uma linda apresentação e será uma das fortes candidatas ao título. Em entrevista para o site CARNAVALESCO, o presidente Godzilla falou sobre a emoção de poder voltar a pisar no solo sagrado e, que apesar de querer muito o campeonato, se não for campeão, vai parabenizar a vencedora.

Foto: Site CARNAVALESCO

“Nota 10. Tudo bonito, a escola maravilhosa. Muito maneiro também foi o trabalho da imprensa. Com pouco dinheiro por conta da pandemia da Covid. Graças a Deus ocorreu tudo muito bem. Perdemos alguns diretores da Escola, mas recuperamos, demos a volta por cima e fizemos um carnaval bonito para disputar o título. Não desmerecendo as outras Agremiações que também estão fazendo um trabalho bonito. Que os jurados sejam conscientes e que vença a melhor. Vou parabenizar a campeã, sendo minha Escola ou não”.

A comissão de frente comandada por Paulo Pinna retratou as raízes do candomblé e teve um lindo tripé significando as raízes que alimentam os galhos, as folhas e os frutos de uma árvore. Os bailarinos estavam com flechas que acendiam um led verde, o problema é que o objeto de alguns dançarinos não funcionou direito e não emitiram o laser verde na frente dos jurados. Apesar disso, o coreógrafo declarou que a mensagem foi muito bem passada.

“Realizado. A gente não consegue vê como vocês veem, mas acho que a mensagem foi passada. Emocionou, foi forte e cumprimos nosso papel. O tigre vai ser campeão”.

Quem também falou com o CARNAVALESCO foram o mestre Pablo e o casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira, Rodrigo França e Cintya Barboza. O trio se mostrou empolgadíssimo com o que conseguiram fazer na avenida e acreditam que a Porto da Pedra está firme na briga pelo título da Série Ouro.

Foto: Site CARNAVALESCO

“Pena que a nota máxima é 10 porque eu daria 11, 12, 1000. O pessoal de São Gonçalo veio e mostrou a garra do Gonçalense. Foi muito bom”, disse mestre Pablo.

“Que sensação maravilhosa depois de dois anos poder pisar nesse chão sagrado é uma coisa de louco. Não fizemos nada diferente do que a gente já vem ensaiando e se Deus quiser será notam máxima”, declarou Rodrigo França.

Cyntia Barboza estava emocionada, demostrou felicidade pelo trabalho desempenhado: “Deu tudo certo. Tudo o que nós ensaiamos, conseguimos apresentar na avenida”.

Para finalizar, Aluízio Mendonça, diretor de carnaval do Tigre, declarou que é difícil avaliar porque não consegue acompanhar todos os detalhes, mas acredita ter sido um desfile perfeito. A comunidade cantou o samba e estavam bastante empolgada.

“É complicado avaliar porque a gente não consegue vê tudo, mas fizemos um desfile perfeito, sem falhas, mas pode ter acontecido alguma coisa que a gente não tenha visto. Te garanto que é um desfile para disputar o título”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui