A microempreendedora do ramo alimentício Gabriella Mendes Medeiros, de 20 anos, é uma das dez finalistas do concurso que irá eleger a Rainha do Carnaval do Rio de Janeiro de 2024. Representante da Mocidade Independente de Padre Miguel na disputa, a jovem está desde a infância na verde e branca, sendo mais de 10 anos dedicados para a ala de passistas. Classificada para a última etapa da competição que formará a Corte da folia carioca do ano que vem, a candidata conversou com o site CARNAVALESCO e respondeu uma bateria de perguntas.

Fotos: Alexandre Macieira e Luciola Villela/Riotur

A grande final do concurso para Rainha do Carnaval acontecerá nesta sexta-feira, dia 01º de setembro, na Cidade do Samba. Assim como nas outras etapas, o evento terá entrada totalmente gratuita. A vencedora, além do título e da coroa, levará para casa um prêmio de R$ 45 mil. Já a segunda e terceira colocadas escolhidas pelo júri e por meio do voto popular serão nomeadas Princesas e irão faturar a quantia de R$ 32.500 cada. Confira abaixo a entrevista completa.

CARNAVALESCO: O que representa para você estar na final do concurso?

Gabriella Mendes: ”É muita felicidade, além de ser uma responsabilidade enorme estar na final desse concurso que reuniu 106 meninas tão belas. Me sinto honrada de saber que cheguei tão longe e que estou tão perto da coroa, de uma vaga na Corte do Carnaval. Quero representar da melhor forma possível a minha escola do coração”.

CARNAVALESCO: Já tem uma ideia de como será sua fantasia para final?

Gabriella Mendes: “Essa semana estou resolvendo os últimos detalhes, vendo tudo direitinho. É uma fantasia boa, com representatividade e acredito que vá impactar todo mundo. Mas ainda não posso revelar muito, senão vai estragar a surpresa”.

CARNAVALESCO: Qual foi o melhor momento da disputa até agora e o mais difícil?

Gabriella Mendes: “O momento mais triste, para mim, foi na primeira etapa que a minha sandália arrebentou, mas eu consegui finalizar a apresentação. Já o momento de maior alegria do concurso foi a semifinal, quando chamaram o meu nome, falando que eu sou a finalista para estar na Corte do Carnaval. Eu fiquei muito feliz, foi um verdadeiro mix de emoções. Deu vontade de chorar, de gargalhar. Nossa, eu fiquei muito feliz mesmo, muito”.

CARNAVALESCO: Como conseguiu conciliar a rotina do concurso com a vida normal?

Gabriella Mendes: “Tive de parar de fazer bastante coisas para focar totalmente no concurso. Afinal, são diversos ensaios, treinos, além de academia, alimentação, aula de oratória. Então, minha vida no momento está voltada para o concurso apenas. Tem dias que, de manhã, fico estudando e vendo vídeos, enquanto de noite faço o ensaio. Já outros dias faço tudo à noite ou tudo de manhã. Vai revezando, mas é preparação diária”.

CARNAVALESCO: O que pretende fazer de preparação até a final?

Gabriella Mendes: “A preparação agora é mais puxada, porque é a final. Estou focando mais na alimentação, na minha pele, no meu corpo, no meu físico, na minha oratória. O cuidado é todo redobrado. Quero vir muito diferente, com um penteado bacana, um biquíni que tenha uma boa representatividade e que seja diferente, bonito. Quero encantar o público e os jurados”.

CARNAVALESCO: Qual sua opinião sobre os comentários de internet que criticam algumas candidatas que fazem passos marcados e sambam no estilo “Tiktok”?

Gabriella Mendes: “Gosto um pouco de Tiktok, dos passos, mas não sou tão ligada. Já a mistura no samba, o uso de coreografias, eu gosto, mas não em um tom exagerado. Acho que dá um tchan, um diferencial. É bom misturar os ritmos. Quanto aos comentários de internet, as críticas, eu não ligo mesmo, porque cada pessoa tem uma opinião. Tem gente que vai gostar, outras não, e está tudo bem”.

CARNAVALESCO: Se ganhar, o que fará com o prêmio de R$ 45 mil?

Gabriella Mendes: “Tem destino sim esse dinheiro. Precisa ter uma parcela reservada para os gastos com a Corte, é claro. Também quero começar um negócio com a minha mãe. Na verdade, a gente já tem, mas quero aprimorar. A gente vende massas, então abriria uma loja. Queria ainda investir um pouco na minha carreira também. Faço faculdade de estética e compraria alguns dos meus aparelhos. Basicamente, a ideia é investir o dinheiro para ter mais ainda”.