InícioGrupo EspecialConfiança no bi é grande na Imperatriz: 'acho que a escola está...

Confiança no bi é grande na Imperatriz: ‘acho que a escola está feliz e isso é bom para mim’, diz Leandro Vieira

A Imperatriz apresentou no Carnaval 2024 o enredo “Com a sorte virada para a lua, segundo o testamento da cigana Esmeralda” que foi mais uma aposta do carnavalesco Leandro Vieira, assim como foi o enredo de 2023 campeão sobre o pós morte de Lampião. O artista produziu em 2024 uma ficção carnavalesca, que assim como no ano passado se construiu com a inspiração a partir da literatura de cordel. O povo da região da Leopoldina está obcecado pelo bicampeonato, com um time estrelado com nomes como Pitty de Menezes, mestre Lolo, Marcelo Misailidis, entre outros.

Em entrevista concedida ao site CARNAVALESCO após o desfile da ainda atual campeã do carnaval carioca, Leandro Vieira comentou: “Eu me diverti a beça nesse desfile, eu vim para me distrair, para curtir com a minha comunidade alegre, eu estou achando lindo, eu estou achando bonito, as pessoas alegres e isso eu acho que é o resultado do trabalho que todo mundo quer e todo mundo faz, eu acho que a Imperatriz está feliz e isso é bom para mim”.

O primeiro casal, Phelipe Lemos e Rafaela Theodoro, demonstrou muito entrosamento, segurança e tranquilidade em seus movimentos. Rafaela estava deslumbrante em uma fantasia que abusava dos tons de dourado e das joias características da cultura cigana. Com o traje intitulado “A cigana Esmeralda e o príncipe da França”, a porta-bandeira representava a personagem do enredo e não mediu palavras ao expressar como estava se sentindo depois do desfile: “A emoção é única, eu acho que a gente conseguiu cumprir o papel que a gente fez no nosso ensaio técnico, vim leve, brincando, com muita alegria, acho que isso é o mais importante”. Phelipe também revelou sua emoção ao finalizar o desfile: “Foi maravilhoso, acho que a gente conseguiu brincar como a gente brinca lá em Ramos, acho que nós trouxemos para avenida um pouquinho de Ramos, espero que todo mundo saia daqui apaixonado, ciganizado e feliz, independente do resultado, seja feita a vontade da cigana”.

O coreógrafo Marcelo Misailidis levou o fogo como elemento central para representar o povo cigano com a apresentação. “Eu achei muito bem a escola, assim, super empolgada, o que tem a ver com esse espírito do enredo cigano. A Comissão de Frente acho que cumpriu muito bem a sua função e o resto agora é contar com as expectativas melhores possíveis. A ideia da fogueira foi porque na cigana tem que ter fogueira e a última vez que eu passei uma escola aqui, ela teve fogueira. E a fogueira é o que abre todo o ritual, toda a comemoração, toda a festa cigana. A fogueira é que abre para exorcizar o mal e, enfim, trazer essas energias boas. A gente escolheu a fogueira pra abrir o desfile”.

O diretor de carnaval, André Bonatte, compartilhou sua percepção do desfile e o que espera do resultado na quarta de cinzas: “Eu estou ali na frente da escola, o que eu tenho é um feedback de rádio, mas na minha opinião a escola fez um desfile foda, acho que foi um desfile perfeito, de forma técnica e eu acho que empolgado. Acho que com harmonia e evolução, com cara de uma escola que tem muita sede de ser campeã”.

Mestre Lolo, mais uma vez, teve uma avassaladora apresentação que confirmou que o samba da Imperatriz, criado a partir de uma junção de duas obras, se transformou em um belíssimo príncipe cigano, cantado, até nos momentos da bossa de seresta da “Swing da Leopoldina” pela comunidade e pelos foliões que cantaram o “Vai clarear” a plenos pulmões.

“É maravilhoso para gente, ensaio legal para chegar aqui e fazer um trabalho de excelência e graças a Deus tudo correu bem. Fizemos o nosso trabalho, agora é aguardar aí, mas se Deus quiser acho que a gente está na briga”, pontuou Lolo.

- ads-

Rodrigo Meiners não é mais carnavalesco dos Gaviões da Fiel

A direção dos Gaviões da Fiel anunciou a saída do carnavalesco Rodrigo Meiners. Confira abaixo a publicação da escola. "Gostaríamos de informar que o carnavalesco...

Viradouro: arte do enredo de 2025 virá de Pernambuco

A arte do enredo da atual campeã do Carnaval do Rio de Janeiro será escolhida através de um concurso cultural promovido pela Viradouro em...

Festa de premiação do Estrela do Carnaval e Destaques do Ano em São Paulo revela espetáculo das escolas de samba

Por Gustavo Lima e Will Ferreira. Fotos de Fábio Martins/CARNAVALESCO Muitos pensam que toda segunda-feira é um dia frio, triste e melancólico. O último 22...