InícioSão PauloCom ótima presença, Dom Bosco leva todos os setores em apresentação marcante...

Com ótima presença, Dom Bosco leva todos os setores em apresentação marcante na exposição Bicentenário

Jovem escola levou sua comunidade em peso e desfilou pelas ruas da Fábrica do Samba

A Dom Bosco chegou em peso para apresentação da exposição do Bicentenário na Fábrica do Samba. A escola de Itaquera, Zona Leste de São Paulo, contou com componentes da comunidade que marcaram presença e parecia até um ensaio da agremiação. O diretor da escola Dom Bosco, Ronny Potolski enalteceu a cobertura do CARNAVALESCO.

“Agradecer a Liga Independente das Escolas de Samba através da exposição do Bicentenário, toda parte cultural pela Lúcia. E também a cobertura de vocês em parceria com a Liga que é muito enriquecedor para quem curte o carnaval”.

Ricardo, diretor de harmonia da Dom Bosco, comentou sobre a experiência: “Para nós foi uma sensação maravilhosa, primeiro pela organização que a gente viu que a Liga está fazendo, da exposição, que achei fantástico para valorizar mais ainda o nosso carnaval. Quando falaram para nós, é com ‘ala show’ e tals, falei ‘vamos em peso’, com a comunidade, a Liga merece, o evento merece, então para nós, fantástico, não tem como descrever para você, o quanto para nós é importante estar aqui”.

Ensaio na Fábrica do Samba, pode isso?

Claro que pode, e foi assim que a Dom Bosco de Itaquera levou esse clima de festa para as ruas da Fábrica do Samba, saiu do espaço de palco e fez um ensaio em plena Fábrica do Samba, agitando todos os presentes. Incluindo membros da Tom Maior que gravavam o programa “Seleção do Samba” da Globo.

O diretor de carnaval Ronny frisou: “A proposta era fazer uma festa e fizemos, a comunidade da Dom Bosco a cada ano cresce, a gente veio com uma boa quantidade de pessoas, todos os setores presentes, e a gente fez nossa apresentação tradicional. Uma grande festa passando pelos principais sambas da escola. Fechando com essa apoteose do samba de 2023 com Villa Lobos, trazendo para a rua, as passarelas da Fábrica do Samba I. Foi muito legal, a escola se divertiu, pessoal que estavam aqui, visitantes, pessoal da exposição, de outras agremiações, dos barracões também fizeram parte da festa”.

A Dom Bosco não foi para uma simples apresentação, mas sim agitar a Fábrica, levou todos os setores, comissão de frente comandados por Luana Poletti, os três casais, ala plus size, baianas, ou seja, foi realmente um ensaio da escola pelo espaço.

Diretor de harmonia da escola, Ricardo revelou sobre a ousadia na Fábrica do Samba: “Conheço os barracões aqui. A Lúcia (curadora do projeto) deu uma deixa, falou ‘olha se quiser sair, não tem problema’, e eu falei que gosto dessas coisas, ela falou que estava liberado. Então vamos para a rua. A nossa comunidade é assim, estamos ensaiando na quadra e de repente vamos para a rua. ‘Ah, mas não combinou’, mas nós vamos para a rua hoje. E é um improviso, que o pessoal amou. Amaram a exposição da Lúcia e da Liga, foi fantástico, evento muito bom. Convido a todos a prestigiarem as próximas coirmãs e também conhecerem a exposição”.

Sobre a escola

Fundada em 2000, a Dom Bosco é uma escola em franca ascensão no carnaval paulistano, e tem tido uma regularidade dentro do Grupo de Acesso II, sempre brigando por acesso, mas ficando nos detalhes para subir.

De 2014 até 2020 alternou entre o terceiro e o quarto lugar na classificação. Somente em 2022 acabou tendo um resultado inferior, no 6ª lugar, mas a escola perdeu pontos por 0,5 ponto por ultrapassar o tempo máximo em 2 minutos. Com isso, ficou com 269,5, e a Nenê que subiu, terminou com 269,9, então não fosse o erro, grave obviamente, subiria.

O diretor de carnaval da escola, Ronny Potolski falou sobre a escola: “A Dom Bosco na verdade, a escola de samba é um projeto social da Obra Social Dom Bosco de Itaquera. É um pouco diferente neste sentido das outras escolas de samba. Então a gente é ligado a obra social, somos presididos pelo Padre Rosalvino, que todo mundo já conhece, personalidade do carnaval. Fazemos ensaios aos sábados lá em Itaquera, então todo sábado às 19 horas, entrada gratuita, tem fantasia à disposição… Quem quiser desfilar, sair em carro alegórico, as fantasias são gratuitas, a Dom Bosco nunca cobra suas fantasias”.

Como ir para a exposição

Aberta de quarta a domingo, das 10h até às 17 horas, a entrada e o estacionamento são gratuitos. A exposição irá até o dia 30 de dezembro. Além da exposição, ver como funciona a Fábrica do Samba, dimensão do Barracão, é uma experiência única para o visitante.

As apresentações das escolas de samba acontecem no período da tarde por escolas do Grupo de Acesso I e II no carnaval de São Paulo, fique atento na programação:

19/11, sábado
14h: Nenê de Vila Matilde

20/11, domingo
14h: Pérola Negra

26/11, sábado
14h: X-9 Paulistana

27/11, domingo
16h: Unidos do Peruche

10/12, sábado
14h: Primeira da Cidade Líder

11/12, domingo
14h: Torcida Jovem

17/12, sábado
14h: Imperador do Ipiranga

- ads-

Leia a sinopse do enredo da Portela sobre Milton Nascimento para o Carnaval 2025

Cantar será buscar o caminho que vai dar no Sol Uma homenagem a Milton Nascimento “Só quem toma um sonho Como sua forma de viver Pode desvendar o...

Três novos enredistas se juntam à equipe da Beija-Flor de Nilópolis para o Carnaval de 2025

A Beija-Flor de Nilópolis anuncia a chegada de três novos talentos que formam a equipe de enredistas para o Carnaval de 2025. Bianca Behrenda,...

Conheça o enredo da Colorado do Brás para o Carnaval 2025

A Colorado do Brás divulgou na noite desta quarta-feira seu enredo para o Carnaval 2025; Confira abaixo a publicação da escola. "A energia e a...