A exposição “Bicentenário: Contado por Enredos e Fantasias” na Fábrica do Samba em São Paulo estreou no último domingo e foi com o pé direito. O projeto, em parceria da Liga das Escolas de Samba e o Governo do Estado, busca aproximar o público com o carnaval paulistano.

Fotos: Fábio Martins/Site CARNAVALESCO

Comemorando os 200 anos da Independência do Brasil, o governo de São Paulo através da Secretaria de Cultura, tem feito diversas ações pelo estado, e uma delas é a exposição na Fábrica do Samba. Vale recordar que até o fim de 2021 era possível visitar o Espaço Cultural do Carnaval no Sambódromo do Anhembi, na qual foram relacionadas diversas atividades com o carnaval paulistano e atraiu cerca de 10 mil pessoas.

Em discurso, a curadora Lucia Helena frisou que é a primeira vez desde a inauguração em 2016, que a Fábrica do Samba é aberta para o público em geral. Neste ano de 2022, o local foi inaugurado por completo após 10 anos de obras.

Sobre a exposição

A Fábrica do Samba conta com uma placa do lado de fora para chamar o público e logo na entrada tem a bandeira das 14 escolas de samba que disputaram o Grupo Especial em 2022.

Dentro de um barracão, a exposição começa com uma aventura bem interessante, são 10 ambientes e cada um contando um pouco da história brasileira, junto claro, o carnaval e o samba representados por sambas em cada sala. Uma curiosidade é que sempre tem perguntas interativas que levam o visitante para ‘respostas’ na sala seguinte.

Além disso, fantasias e peças de alegorias, aproximam o público da realidade de como são esses elementos de perto. Curioso é da forma que aqueles efeitos mágicos são feitos, qual material é? Como funciona? Será possível entender um pouco disso na exposição e um pequeno spoiler é que será uma grande surpresa para muita gente!

Estreia é promissora

Segundo a curadora Lucia Helena, o primeiro dia foi positivo, mais de 100 pessoas frequentaram o local no domingo. Uma história curiosa na estreia do evento foi de uma família que estava em um carro de aplicativo e viu a placa citada acima sobre o evento, decidiu então visitar o local e gostou bastante. Pois a família ao ser questionada sobre ligação com carnaval, revelou não ter contado direto.

Ou seja, segundo pessoas envolvidas na exposição, a ideia é justamente essa, atrair o povo para perto do carnaval de São Paulo.

Conexão com os jovens

O futuro sempre é visto nas escolas de samba, e a exposição tem fechado acordo com escolas de ensino para levarem seus jovens alunos ao local.

Inclusive a última parte da exposição tem um espaço bem interativo para as crianças, mas não vale dar spoiler né?

Presença das escolas de samba

As escolas de samba vão marcar presença no espaço aos finais de semana, e a estreia foi a Imperatriz da Paulicéia, escola recém-promovida para o Grupo de Acesso II do carnaval de São Paulo e terá a honra de desfilar no Sambódromo do Anhembi em 2023.

Logo após completar a exposição, os visitantes dão de cara para um palco, é onde a escola de samba fará sua apresentação apenas aos finais de semana. Consulte os dias e horários na programação no fim da matéria.

Apresentação da Paulicéia

A apresentação da Imperatriz da Paulicéia contou com um grupo da bateria da escola comandada pela Mestra Rafa, única mulher que comanda uma bateria nas três divisões do carnaval de São Paulo. A rainha Ariê Suyane e o intérprete Fabiano Melodia junto com seu time de canto, também marcaram presença na apresentação.

Para fechar, poucos componentes da escola também estiveram presentes, onde cantaram o samba de 2022 e o de 2023. Além do hino e o samba exaltação. O sistema de som do local teve pequenos problemas, mas deverá ser ajustado ao longo do projeto.

Surpresas

É dito que teremos mais surpresas e interações durante esses dois meses de exposição na Fábrica do Samba, é esperado que durante a Copa do Mundo tenham ações, ficamos no aguardo, afinal futebol e samba dá jogo!

Ficha técnica

Bicentenário — Contado por Enredos e Fantasias
Quando: a partir do dia 23 de outubro, de quarta a domingo, das 10h às 17h
Onde: avenida Dr. Abraão Ribeiro, nº 505 – Fábrica do Samba
Quanto: entrada e estacionamento no local gratuitos.

Programação divulgada pela Liga

05/11, sábado
14h: Uirapuru da Mooca

06/11, domingo
14h: Dom Bosco de Itaquera
16h: Brinco da Marquesa

12/11, sábado
14h: Unidos de Santa Bárbara

13/11, domingo
14h: Amizade Zona Leste

19/11, sábado
14h: Nenê de Vila Matilde

20/11, domingo
14h: Pérola Negra

26/11, sábado
14h: X-9 Paulistana

27/11, domingo
16h: Unidos do Peruche

10/12, sábado
14h: Primeira da Cidade Líder

11/12, domingo
14h: Torcida Jovem

17/12, sábado
14h: Imperador do Ipiranga

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui