InícioGrupo EspecialCláudio Vieira: 'Plumas de hiena'

Cláudio Vieira: ‘Plumas de hiena’

Em 1978, a Mangueira decidiu levar a sua história para a Avenida, apresentando o enredo “Dos carroceiros do imperador ao Palácio do Samba”.

Após reunião da Comissão de Carnaval, o diretor responsável pelas compras do barracão chamou dois auxiliares e deu-lhes a seguinte instrução:

– Esta é a relação de material para vocês comprarem, amanhã, na rua da Alfândega. O que sobrar, comprem tudo de plumas de hiena.

Os dois ajudantes se assustaram com o pedido. Um deles, com todo jeito, questionou, tentando consertar a situação:

– E se não tiver pluma de hiena, serve de ema?

O diretor continuou compenetrado em seus cálculos e respondeu, mecanicamente:

– Serve, é tudo a mesma coisa.

- ads-

Salgueiro oferece curso gratuito sobre Imposto de Renda para Pessoa Física

O Projeto Salgueiro Social, do GRES Acadêmicos do Salgueiro, em parceria com o Centro Universário Internacional Signorelli, dá início neste mês de abril a...

Leia a sinopse do enredo da Portela sobre Milton Nascimento para o Carnaval 2025

Cantar será buscar o caminho que vai dar no Sol Uma homenagem a Milton Nascimento “Só quem toma um sonho Como sua forma de viver Pode desvendar o...

Três novos enredistas se juntam à equipe da Beija-Flor de Nilópolis para o Carnaval de 2025

A Beija-Flor de Nilópolis anuncia a chegada de três novos talentos que formam a equipe de enredistas para o Carnaval de 2025. Bianca Behrenda,...