InícioGrupo EspecialClaudia Mota diz que comissão de frente do Tuiuti será surpreendente

Claudia Mota diz que comissão de frente do Tuiuti será surpreendente

De 2020 para 2022, muitas escolas de samba fizeram mudanças em alguns segmentos. O Paraíso do Tuiuti não foi diferente, a escola trocou o carnavalesco, o casal de mestre-sala e porta-bandeira, meste de bateria e também a coreógrafa da comissão de frente. Optando por Paulo Barros, que desenvolve o enredo “Ka Ríba Tí Ye”, e na comissão ninguém mais do que Claudia Mota, primeira bailarina do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Ela possui um currículo super experiente quando se trata de carnaval. Ela já comandou comissões de frente da Unidos da Tijuca, Império Serrano, Viradouro, São Clemente, Imperatriz Leopoldinense e entre outras. Agora, ela tem a missão de comandar a do Paraíso do Tuiuti. Em entrevista ao site CARNAVALESCO, a coreógrafa contou que é uma grande surpresa trabalhar na Tuiuti, mas no bom sentido.

Foto: Divulgação/Liesa

“Surpresa, porque encontrei aqui uma diretoria muito focada no que ela faz”, afirma. Além disso, ela também comentou como é trabalhar com o carnavalesco Paulo Barros. “Não é novidade, já trabalhei por alguns anos com ele. E, com toda certeza, vai ser um desfile surpreendente como sempre é os desfiles dele”.

Ideias e trocas produtivas, é isso que define o trabalho da coreógrafa da comissão de frente, juntamente com o Paulo Barros. O carnavalesco está sempre tendo ideias e Claudia com o seu grupo tenta colocar em prática.

Foto: Divulgação/Liesa

“Paulo tem as ideias e tentamos colocar em prática. Nem sempre é muito fácil, mas ele ajuda muito. É um carnavalesco que abraça, que ajuda. A comissão está pronta. O trabalhoso é a gente tentar entrar na cabeça dele (Paulo Barros), mas depois que entra está tudo certo”, frisa a bailarina.

Fazer uma coreografia no enredo afro pode ser um desafio para alguns coreógrafos, mas para Claudia é maravilhoso. Segundo ela é como estar em casa, já que todas as coreografias que ela montou nesta temática receberam nota 10 e espera que nesse ano se repita. “Eu não posso falar muita coisa aqui, senão o Paulo arranca meu coro, risos. Mas posso dizer que vai ser surpreendente e vocês vão gostar”, conta.

Claudia é irmã da também coreógrafa de comissão de frente, Priscilla Mota, que comanda a comissão de frente da Mangueira e da Ilha. As irmãs são bem conhecidas na folia carioca e trocam muitas experiências.

“Começamos juntas. A gente troca ideias, experiências e evito saber o que eles estão fazendo e vice versa. Para assim termos uma surpresa e nos surpreendermos no dia”,
esclarece a coreógrafa.

Perguntada sobre o que acha do julgamento do quesito, a coreógrafa ressalta: “Esperamos que seja interpretado da maneira que estamos trazendo para a avenida. Temos que fazer nosso trabalho e torcer pra que dê tudo certo”.

- ads-

Salgueiro oferece curso gratuito sobre Imposto de Renda para Pessoa Física

O Projeto Salgueiro Social, do GRES Acadêmicos do Salgueiro, em parceria com o Centro Universário Internacional Signorelli, dá início neste mês de abril a...

Leia a sinopse do enredo da Portela sobre Milton Nascimento para o Carnaval 2025

Cantar será buscar o caminho que vai dar no Sol Uma homenagem a Milton Nascimento “Só quem toma um sonho Como sua forma de viver Pode desvendar o...

Três novos enredistas se juntam à equipe da Beija-Flor de Nilópolis para o Carnaval de 2025

A Beija-Flor de Nilópolis anuncia a chegada de três novos talentos que formam a equipe de enredistas para o Carnaval de 2025. Bianca Behrenda,...