InícioGrupo EspecialBar homenageia personalidades com a imagem da 'Santa Ceia do Samba'

Bar homenageia personalidades com a imagem da ‘Santa Ceia do Samba’

Bar Sapucaí, inaugurado em Padre Miguel, retrata grandes sambistas em pintura

Para afagar a saudade carnavalesca, o mundo do samba recebeu uma homenagem na inauguração de mais um reduto de bambas na Zona Oeste do Rio de Janeiro, o Bar Sapucaí, na praça Guilherme da Silveira, em Padre Miguel.

Fotos: Divulgação

O estabelecimento fica localizado ao lado do estádio de Moça Bonita, que possui forte relação com a Mocidade Independente de Padre Miguel. Tendo a decoração voltada aos terreiros, comunidades, samba, o visitante que for ao bar encontrará uma obra de arte para lá de inusitada e que chama a atenção pela homenagem da pintura da “Santa Ceia do Samba”.

A ideia desta louvação aos baluartes do carnaval foi do empresário Márcio Oliveira, 52 anos, responsável pelo estabelecimento.

“Quando eu abri a primeira unidade não sabia como retratar essa tamanha devoção do sambista ao movimento, vi a imagem da Carmen Miranda na internet e tive a ideia de cada unidade do Sapucaí ter ela como precursora no centro e os sambistas no seu entorno. A cada casa que abrirmos novas, teremos esse quadro com os personagens referentes das agremiações locais e aqui se respira a Mocidade Independente de Padre Miguel”, disse.

Márcio Oliveira é o responsável pelo Bar Sapucaí

Uma das personagens retratadas na obra, Tiãozinho da Mocidade, viu o quadro e aprovou. “Essa região tem muita importância para o samba, aqui o Castor deu notoriedade para a minha Mocidade e causou uma revolução no carnaval. Ficou muito feliz em poder estar nessa obra de arte junto com todos esses nomes, sou compositor da verde e branco, com sambas campeãs em campeonatos da escola. Muito importante essa homenagem para que todos vejam quem somos”, afirmou.

A homenagem da mesa de partilha dos sambistas tem a assinatura do artista Alê, de 50 anos, e a sua maior representação é ver todos admirando o trabalho: “Pinto de tudo, mas nunca tinha feito nada desse tipo. Confesso que a ideia do Márcio foi um desafio e o resultado final eu adorei. Espero que as pessoas pintadas neste quadro se sintam realizadas e satisfeitas pelo resultado do trabalho”.

Com suas medidas na horizontal, pendurado na parede lateral/central do bar e com uma linha realista, a pintura traz os seguintes nomes: Tiãozinho da Mocidade, Maria Rita, Renato Lage, Jorge Chapéu (Unidos Bangu), Babi Cruz, Castor de Andrade, mestre André, Fernando Pinto, Tia Selma (UPM), Jorge Aragão, Elza Soares e Tia Nilda.

- ads-

Jackson Carvalho, Marcelinho Emoção e Fabão Rodrigues assumem Comissão de Harmonia no Arranco

Para o Carnaval 2025, o Arranco contará com uma Comissão de Harmonia formada por Jackson Carvalho, Marcelinho Emoção e Fabão Rodrigues. Jackson Carvalho começou sua...

Vizinha Faladeira será homenageada com conjunto de Medalhas de Mérito Pedro Ernesto

No próximo dia 23 de abril, a histórica Associação Recreativa Escola de Samba Vizinha Faladeira, uma das pioneiras no cenário do carnaval carioca, terá...

Jorge Silveira exalta preparação da Mocidade Alegre para ganhar duas categorias no Estrela do Carnaval: ‘São Paulo cada vez mais competitivo’

Em 2024, a Mocidade Alegre foi bicampeã do Grupo Especial do carnaval de São Paulo, conseguindo unir beleza e facilidade de leitura para tratar...