InícioGrupo EspecialImperatrizArthur Franco: 'Desafio inicial é colocar samba em andamento legal'

Arthur Franco: ‘Desafio inicial é colocar samba em andamento legal’

Por Lucas Santos

A Imperatriz Leopoldinense optou por em 2020 fazer uma releitura do samba-enredo de 1981, ano em que a escola conquistou o bicampeonato ao homenagear o compositor Lamartine Babo. Com “Só dá Lalá” na “boca do povo”, como pode ter sido notado durante a apresentação da escola no “Salgueiro Convida”, talvez, o desafio maior neste momento esteja com o intérprete Arthur Franco e com mestre Lolo. Pois, o fato de ser um samba que foi apresentado há quase 40 anos, pode gerar algum esforço para adequar ao andamento que hoje é empregado pelas baterias, diferente de décadas atrás.

O intérprete Arthur Franco concorda e acrescenta que neste início de trabalho sua preocupação também está em retirar alguns vícios da letra do samba adquiridos nos últimos 38 anos.

“A gente já canta o samba em show. Nós já temos mais ou menos uma noção, agora é trabalhar ele melhor. Tirar algumas coisas de vício. Porque esse samba veio em duas versões. Ele veio com ‘neste palco iluminado’ e ‘nesse palco iluminado’, então, a versão original é ‘neste palco’. São essas coisinhas que a gente precisa corrigir para o desfile, mas é um grande samba”.

Para Arthur, ainda que seja preciso adequar o andamento, tem que haver o cuidado para não deixar a obra muito veloz.

“Estamos trabalhando pra fazer o melhor, acertar, adequar o andamento atual sem botar na correria. Trazer um andamento gostoso para que o samba fique com as frases ‘direitinhas’, com a divisão perfeita”.

O histórico samba “Só dá Lalá” será a segunda regravação que Arthur faz no carnaval carioca. O intérprete lembra-se do trabalho realizado em 2014 na Em Cima da Hora quando regravou o também consagrado samba “Os sertões” de 1976.

“A responsabilidade é enorme. Até porque é um samba maravilhoso vindo aí pra reedição. É o segundo grande samba que eu regravo. Eu tive o prazer de regravar ‘Os sertões’ na Em Cima da Hora. Agora na Imperatriz com Lamartine, Zé Katimba e companhia. Então, a cobrança é grande. E ainda mais, é um samba que foi campeão”.

Casal também espera o andamento para definir coreografia

Normalmente, nesta época do ano, as escolas estão preocupadas com as disputas de samba. Na Imperatriz, entretanto, com a escolha da releitura de “Só dá Lalá”, esta fase já foi superada e as atenções se voltam para de que forma o enredo será apresentado. Para o primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira, Thiaguinho e Rafaela, o desenvolvimento da coreografia terá que levar em conta o andamento que será dado pela Swing da Leopoldina comandada por mestre Lolo. Rafaela admite que por este motivo, a dupla ainda não definiu os passos da bailado.

“Em geral a gente sempre espera o samba ser escolhido para começar a pensar na coreografia. Esse ano não tem disputa, já temos o samba definido, e já agora vamos sentar para pensar no que vai ser feito. Além do enredo, tem que ver o samba que tem um ritmo que é diferente do que hoje em dia tem se feito. Tem que ver o andamento que o Arthur (Franco) e o Lolo vão dar para o samba primeiro e aí definirmos tudo direitinho”.

Thiaguinho lembra que não só o samba é marcante, mas também aquele desfile, por isso, a responsabilidade da dança do casal aumenta.

“Acho que não é só marcante pelo samba em si, mas pelo desfile que foi também muito especial para a escola. A escola foi bicampeã. Então, assim, com a situação que a Imperatriz se encontra hoje no Acesso aumenta e muito o peso da nossa dança, do nosso trabalho”.

Em 2020, a Imperatriz Leopoldinense desfilará na Série A do carnaval do Rio e será a quinta escola no sábado da folia.

 

 

- ads-

Unidos da Tijuca renova com mestre Casagrande

A Unidos da Tijuca anunciou a renovação com mestre Casagrande para o desfile do ano que vem. Ele segue no comando da bateria "Pura...

Nícolas Gonçalves acerta com Tucuruvi para fazer parceria com dupla de artistas da escola

Além da renovação de Dione Leite e Yago Duarte, o Tucuruvi anunciou a chegada do carnavalesco Nícolas Gonçalves que estará na parceria com a...

Tucuruvi anuncia renovação de carnavalescos para o desfile de 2025

O Tucuruvi anunciou nesta segunda-feira a renovação da dupla de carnavalescos, Dione Leite e Yago Duarte, para o desfile do ano que vem. Confira...