InícioGrupo EspecialAmigos e companheiros lamentam falecimento de Wanderson Sodré, diretor de harmonia da...

Amigos e companheiros lamentam falecimento de Wanderson Sodré, diretor de harmonia da Vila Isabel

O carnaval perdeu um de seus grandes apaixonados. Morreu Wanderson Sodré, um dos diretores de harmonia da Unidos de Vila Isabel, diretor-geral de harmonia da Em Cima da Hora e diretor de carnaval da Fla Manguaça. Ele foi hospitalizado na tarde desta quarta-feira após passar mal, e sofreu uma parada cardiorrespiratória. Aos 42 anos, ele deixa filhos e a esposa.

Foto: Divulgação/Fla Manguaça

Cria do bairro de Noel, Wanderson fazia parte do departamento de harmonia da Vila Isabel desde 2014. Neste ano, foi convidado para compor a comissão que comanda o quesito. Na Em Cima da Hora, ele assumiu a direção-geral de harmonia também neste ano, mas a relação com a agremiação de Cavalcanti e o mundo do carnaval não era de agora: Sodré foi mestre-sala da Azul e Branco no Carnaval de 2001. No pavilhão, iniciou no projeto do mestre Dionísio e passou pela Lins Imperial, Caprichosos de Pilares, Viradouro e Unidos de Padre Miguel. Esteve como diretor de harmonia e carnaval pela União do Parque Curicica, Jacarezinho e Cubango.

Na Vila a notícia pegou todos de surpresa. Membros da escola de samba receberam a informação logo após o término do ensaio de rua, e o clima de luto tomou conta da quadra. Descrito como uma pessoa ímpar, ótimo profissional e amante do carnaval, o diretor de harmonia era querido por todos da agremiação.

“Era um amigo. É uma perda imensa e profunda não só para a Vila, porque ele era um amante do carnaval e também defendia outras escolas. Todo mundo aqui está triste e sem palavras, fomos pegos de surpresa. Eu estava no meio da bateria, o telefone tocava e eu não escutava. Recebi uma mensagem da esposa dele dizendo que ele faleceu. O cara estava com a gente ontem, a vida é inexplicável. Eu cheguei no primeiro ano do Paulo Barros, 2017, e ele já estava aqui. É um cara que estava na escola há bastante tempo, superativo e importante para todos nós. É uma perda inexplicável e que nos deixa sem palavras”, disse o diretor de carnaval da Vila Isabel, Moisés Carvalho.

Na harmonia da agremiação, o sentimento também não poderia ser outro. Júlio Ramos, 60 anos, membro do segmento, comenta sobre a paixão de Wanderson pelo bairro e a escola de samba.

“O Wanderson era uma pessoa ímpar na Vila Isabel. Ele era praticamente nascido aqui e a escola para ele era tudo. Todos nós sentimos muito essa falta. Ele era um grande profissional e dedicado à Vila. Ele vai fazer muita falta para todos nós”, diz Júlio, emocionado.

Wilson, Rei Momo do carnaval do Rio de Janeiro por cinco anos e também cria da Vila, estava no ensaio de rua da escola quando recebeu a notícia. “Eu fico consternado. Ele vai fazer uma enorme falta para a Vila Isabel, e ele tinha acabado de ser projetado para uma nova oportunidade – fazia parte do grupo que era responsável pela harmonia da escola. É uma enorme perda, ele era uma mente pensante e brilhante. Deixo meus sentimentos para a família e para a minha família Vila Isabel. Vamos perder muito com a ausência dele”, comenta.

Nas redes sociais, a Vila Isabel lamentou a morte de Sodré e ressaltou a enorme competência do dirigente, além de sua paixão pelo pavilhão.

“É com uma dor profunda que a Unidos de Vila Isabel comunica o falecimento precoce do nosso diretor de harmonia Wanderson Sodré, após uma complicação repentina de saúde na tarde desta quarta-feira (06/12).

Wanderson Sodré era nascido e criado no bairro de Vila Isabel e fazia parte do nosso Departamento de Harmonia desde 2014. Em setembro deste ano, ele foi convidado a integrar o sexteto da nossa nova Comissão de Harmonia, cargo que, neste breve período, exerceu com uma competência exemplar e uma paixão imensurável pelo nosso pavilhão.

Wanderson sempre será lembrado como um profissional excepcional, componente apaixonado pela nossa escola e pessoa de um coração sem tamanho.

Neste momento de muita dor, desejamos a todos os familiares, amigos e colegas de trabalho o nosso abraço generoso e todo o afeto possível”.

Além da Vila, a Em Cima da Hora, agremiação em que ele era diretor de harmonia, e a Fla Manguaça, onde ele era diretor de carnaval, também lamentaram o falecimento.

- ads-

Orgulho do Brasil! Carnaval 2024 do Rio trouxe R$ 5 bilhões para cidade, movimentou 8 milhões de pessoas e gerou 50 mil empregos

Em coletiva na sede da Riotur, na manhã desta quarta-feira, a Prefeitura do Rio, através da Riotur, apresentou os expressivos números do Carnaval 2024...

Igor Sorriso é o novo intérprete do Salgueiro

O Salgueiro anunciou nesta quarta-feira a contratação do intérprete Igor Sorriso. Veja abaixo o comunicado da escola. "Com coração transbordando emoção anunciamos a chegada do...

Mangueira anuncia renovação dos intérpretes para o Carnaval 2025

A Estação Primeira de Mangueira anunciou na tarde desta quarta-feira a renovação dos cantores Marquinhos Art Samba e Dowglas Diniz para o Carnaval 2025....