InícioSão PauloVoltar nas Campeãs é a meta que embala Barroca Zona Sul para...

Voltar nas Campeãs é a meta que embala Barroca Zona Sul para definição da ordem dos desfiles

Presidente e carnavalesco falaram sobre preparação da Faculdade do Samba para o carnaval de 2025

A Barroca Zona Sul comemorou seus 50 anos no Sambódromo do Anhembi com um desfile exaltando a própria história. O resultado foi a melhor colocação da Verde e Rosa desde seu retorno ao Grupo Especial, demonstrando solidez na elite da folia paulistana. O nono lugar obtido em 2024 permitirá à escola escolher entre seis opções de desfile disponíveis de acordo com o novo critério de definição da ordem de desfiles válido para o carnaval de 2025, que ocorrerá em evento organizado na Fábrica do Samba pela Liga-SP no próximo sábado, dia 18 de maio.

Foto: Felipe Araujo/Divulgação Liga-SP

Foco no objetivo de voltar nas campeãs

Ewerton Cebolinha, presidente da Barroca Zona Sul, conversou com o site CARNAVALESCO sobre o que espera para a definição da ordem dos desfiles. “A expectativa é positiva. A gente sabe que dependendo da colocação que você tira, tem a oportunidade de pegar uma bolinha melhor, e algumas escolas tem alguns desejos, mais cedo, mais tarde ou no meio. Depende da característica de cada escola, mas estou bem tranquilo. Acho que qualquer posição que vier aí, a gente está apto para fazer um bom desfile. Eu sou a nona escola a escolher, então a gente tem que aguardar as oito escolas que estão na nossa frente e aí a gente vê o que tem de opção”, declarou.

O presidente fez um balanço sobre o carnaval de 2024. No mês de janeiro, faltando cerca de um mês para os desfiles, o carnaval paulistano perdeu Borjão, presidente de honra da Barroca e pai de Ewerton. A escola aproveitou a oportunidade para inserir no desfile uma justa homenagem e dedicou o desfile ao baluarte. Apesar da apresentação histórica para a Verde e Rosa, Cebolinha acredita que o resultado poderia ter sido melhor.

“Referente ao desfile de 2024, acho que foi o maior desfile da história do Barroca. Eu acho que foi um excelente desfile, assisti de todos os pontos. Um desfile maravilhoso, um desfile emocionante até pela situação que aconteceu com o meu pai. O maior desfile da escola, sem dúvida nenhuma. Só um pouco insatisfeito com a colocação que a gente ficou. Algumas questões que a gente não concorda, que a gente sabe que não errou, mas no carnaval faz parte. Às vezes erra para você, às vezes não erra para você, erra para o amigo, para o companheiro, para a coirmã, então não tem jeito. Achei que a escola poderia ter beliscado umas campeãs. Sendo bem frio, não falando do coração, falando bem a realidade, acho que foi um baita desfile. Nós vamos trabalhar para sempre estar melhorando e sempre melhorar a nossa colocação, se Deus quiser”, avaliou.

A Faculdade do Samba já se prepara para o lançamento de seu enredo, que ocorrerá no dia nove de junho na quadra localizada no bairro do Jabaquara. Ewerton Cebolinha afirma que o objetivo da Barroca é alcançar o grupo das escolas que retornarão para o Desfile das Campeãs.

“A expectativa referente ao carnaval de 2025 é tentar vir entre as campeãs. Buscar um pouquinho mais de agressividade para a gente tentar estar no pelotão das cinco, que é o objetivo da escola. A escola vai trabalhar forte para isso, para poder estar entre as 5, que é o que a gente quer. Hoje eu já posso falar que a escola já está bem estabilizada no Especial, sabendo que é um grupo muito difícil também, são 13 escolas altamente competentes, mas a gente sabendo do nosso potencial, a gente sabe que pode chegar entre as 5. Expectativa muito positiva para esse carnaval”, completou.

Ordem dos desfiles definida de maneira justa

O carnavalesco da Barroca, Pedro Magoo, vê como positiva a mudança de critério para a definição da ordem dos desfiles. “Eu acho que essa é uma forma mais justa. Nada mais justo que, de acordo com a posição do carnaval anterior, a escola faça essa escolha. Eu sou um cara que acredito e gosto muito das novidades, e essa novidade para mim é bem-vinda até por ser uma coisa mais justa e isso dá até uma possibilidade maior das escolas porque elas ficam mais ou menos já na expectativa. ‘Eu acredito que a gente vai ser tal colocação da sexta-feira, vai ser a tal do sábado, tal, não sei o quê’. Você já tem antecipadamente uma noção de como que a sua escola pode desfilar, o horário e tal, então é uma novidade boa para mim”, disse.

Magoo tem consciência de que as opções de escolha da Barroca no dia da definição não serão amplas, mas espera conseguir uma posição melhor de desfile se comparado a 2024, onde a escola foi a segunda a se apresentar na sexta-feira de carnaval.

“Vai ser um pouco mais difícil. Pela colocação da Barroca, tem oito escolas para escolherem na frente, então provavelmente tem alguns horários específicos que essas escolas, na minha opinião, por justiça, vão ter esse privilégio de escolher. Cabe a gente melhorar a posição para o ano que vem e, se manter esse critério, a gente ser uma das primeiras a escolher também. Como a Barroca vai ser a nona, serão poucos horários para serem escolhidos, mas o horário que for escolhido nós vamos para a Avenida. O projeto está bem legal, estou muito otimista e vamos fazer um grande carnaval, você pode ter certeza disso”, afirmou.

O carnavalesco estreou na Barroca em 2024 e fez um balanço positivo de seu primeiro ano. Aproveitou para falar sobre o andamento das preparações para o anúncio do enredo ao projetar o próximo ano da Faculdade do Samba

“O carnaval de 2024 da Barroca foi um carnaval muito bom. Nós fizemos um ano difícil, falar da própria escola é uma coisa complicada. Foi o meu primeiro ano na escola, chegando, não conhecia muito como que era a escola, mas graças a Deus deu tudo certo. Fizemos um carnaval bonito na Avenida, para o pessoal que olhou. Tivemos um avanço na questão estética da escola e a colocação. A gente ficou com aquele gostinho de que os jurados foram um pouco enérgicos em algumas questões, olhando as justificativas e tal. Dava para pegar algumas colocações acima, mas a gente tem a ciência e tem a consciência dos erros que a gente teve e vamos consertar. O projeto 2025 já começou. A gente já tá numa fase de pilotos e já vamos fazer uma festa de lançamento do enredo, mas estamos animados. O pessoal da comunidade tá animado. O trabalho tá bem legal, a gente tá crescendo a equipe de carnaval, qualificando a equipe da Barroca. A nossa expectativa para 2025 é fazer um grande carnaval com a Barroca Zona Sul. e alcançar o sonho de posições bem melhores nesse ano. O trabalho vai ser feito nesse sentido”, concluiu.

- ads-

Grande Rio faz primeira reunião com a comunidade e presidente de honra crava: ‘2025 será incrível’

Depois de lançar o enredo que levará para a Avenida em 2025, a Acadêmicos do Grande Rio iniciou o trabalho junto a sua comunidade....

Porto da Pedra confirma Mauro Quintaes na equipe de 2025

A Porto da Pedra confirmou o nome do carnavalesco Mauro Quintaes no time de 2025. O artista, que assinará seu sétimo trabalho na vermelha...

Sinopse da Beija-Flor de Nilópolis para o Carnaval 2025

Enredo: “LAÍLA DE TODOS OS SANTOS, LAÍLA DE TODOS OS SAMBAS” INTRODUÇÃO / JUSTIFICATIVA "Veje bem", A importância do Laíla para o Samba e o Carnaval é...