InícioGrupo EspecialVolta da feijoada da Tijuca mexe com mestre Casagrande e Wantuir: 'Estamos...

Volta da feijoada da Tijuca mexe com mestre Casagrande e Wantuir: ‘Estamos sobrevivendo’, diz o cantor

'Fomos pioneiros no retorno da feijoada e com toda segurança', afirmou Casagrande

A Unidos da Tijuca voltou no domingo a sua feijoada com a presença de público, em sua quadra, localizada na Zona Portuária do Rio de Janeiro. Ao site CARNAVALESCO, mestre Casagrande, idealizador do evento, citou a emoção de poder retornar.

“A alegria é muito grande. O povo do samba voltando depois de tanto tempo. Estava com uma saudade dos amigos, ritmistas, pode nos vermos novamente. O Wantuir falando que estava com saudade de cantar samba. As pessoas estavam muito emocionadas. Você via no semblante das pessoas a importância de voltar a curtir o momento. Cumprimos a missão de fazer o evento com todas normas seguidas. Não é o valor financeiro para ganhar algum dinheiro, para tentarmos sobreviver, mas é muito o valor sentimental de que pode estar presente para curtir. Muito gratificante. Fomos pioneiros no retorno da feijoada”.

O intérprete Wantuir, da Unidos da Tijuca, ressaltou o momento em que os sambistas estão vivendo durante a pandemia e a volta da feijoada tijucana como uma forma de sobrevivência.

“A volta marca é saber que estamos sobrevivendo. A nossa cultura e samba pode retornar e dentro das normas sanitárias. Esse caos da pandemia influenciou todo mundo. Nós conseguimos sobreviver e estamos retornando. É importante essa volta, mesmo que de forma branda”.

Wantuir foi uma das principais vozes do samba que desabafou sobre o momento dos profissionais do carnaval. Ao site CARNAVALESCO, ele contou que foi ouvido pelo diretor de marketing da Liesa, Gabriel David, e revelou que foi criada uma associação com os cantores das escolas de samba.

“Eu me senti um pouco abandonado (naquele momento do post nas redes sociais). Larguei emprego de 15 anos na rede ferroviária para fazer o que eu gosto que é o samba. Ali, eu falei o que estava dentro do meu coração. Falava de mim, mas com o pensamento em todas pessoas que militam e sobrevivem do carnaval. Conversei com o Gabriel David e ele ouviu o que estamos passando no momento. Ele é um cara muito sútil e se mostrou muito favorável em tudo que estamos sofrendo. Podem esperar que vem aí o maior carnaval de todos os tempos. Formamos uma associação dos intérpretes do carnaval do Rio de Janeiro, temos todos os documentos presentes”.

- ads-

‘Quando o enredo conquista, tende a iluminar o compositor’, diz Claudio Russo, após vencer o Estrela do Carnaval com o samba da Estácio

Claudio Russo, um dos autores do samba-enredo da Estácio de Sá no Carnaval 2024, festejou a vitória no prêmio Estrela do Carnaval, oferecido pelo...

Tinga sobre ter sido vencedor no Estrela do Carnaval como ‘Melhor Intérprete’ de São Paulo: ‘É uma honra ganhar pelo Império’

O intérprete Tinga está totalmente adaptado ao Império de Casa Verde. O carioca chegou ao ‘Tigre Guerreiro’ no Carnaval 2023 e logo se identificou,...

Império da Uva reforça equipe com a contratação de Alcides Kenga como diretor de carnaval

A Império da Uva deu um passo significativo ao adicionar Alcides Kenga à sua equipe como Diretor de Carnaval. Com mais de três décadas...