A Unidos de Vila Isabel recebe nesta terça-feira a inscrição dos sambas concorrentes para o Carnaval 2020. A novidade é que as obras não poderão ser divulgadas em sites ou redes sociais, uma vez que a disputa será interna. A escola fará a festa de apresentação de sua obra no dia 05/10. A medida inovadora gerou críticas por parte da opinião pública e torcedores da escola. O presidente Fernando Fernandes concedeu entrevista ao site CARNAVALESCO onde explicou o processo e se defendeu de críticas.

“Nossa intenção foi fazer um concurso sem custos. As parcerias só irão gravar os sambas e mais nada. Não temos absolutamente nada a esconder. Tanto que nós divulgaremos todos os sambas junto daquele que for definido por nós como o adequado para ser o nosso samba. Será um processo de muita lisura e transparência. Dentro de 10 dias todos conhecerão o samba da Vila. Recebemos mais de 30 inscrições. A festa de apresentação acontecerá no dia 05/10 junto com os nossos protótipos”, disse o presidente.

A Unidos de Vila Isabel será a segunda escola a desfilar na segunda-feira de carnaval com o enredo ‘Gigante Pela Própria Natureza – Jaçanã e um Índio Chamado Brasil’, de autoria do carnavalesco Edson Pereira. A agremiação terminou na 3ª colocação no Grupo Especial em 2019.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui