InícioGrupo EspecialUnidos da Tijuca realiza seu último ensaio de rua, mostra forte trabalho...

Unidos da Tijuca realiza seu último ensaio de rua, mostra forte trabalho de quesitos e diz ser possível buscar o título

Em seu último ensaio de rua, realizado na noite de quinta-feira, a Unidos da Tijuca mostrou, mais uma vez, uma comunidade muito aguerrida e cheia de vontade de buscar um novo título, contrariando todos os prognósticos. Se depender do desempenho dos componentes, a escola do Borel poderá sonhar na quarta-feira de cinzas. Um treino marcado pelo alto volume de canto e pela evolução impecável. Aliado a ótima atuação do carro de som, liderado por Ito Melodia, e pela cadência exemplar da bateria de mestre Casagrande, o tão criticado samba-enredo foi ainda mais impulsionado. Além disso, o casal de mestre-sala e porta-bandeira seguiu mostrando sua evolução, estando cada vez mais entrosados. A agremiação está com seus quesitos afinados e quer mostrar que pode voltar a ser o famoso rolo compressor.

“Todos nós, da diretoria da escola, tratamos o componente com muito respeito, com muito carinho, porque não há necessidade de brigar com ninguém para poder fazer a pessoa cantar. Muito pelo contrário, às vezes você até perde um componente. Quem já pegou a fantasia no barracão teve a oportunidade de ver o nosso carnaval pronto. Então, nós temos uma grande chance de ser campeões. Eu acho que o que depende de nós não pode faltar. Temos que ter mais vontade do que os outros”, disse o diretor de carnaval Marquinho Marino.

Com o enredo “O Conto de Fados”, de autoria do carnavalesco Alexandre Louzada, a escola do Borel fará uma viagem a Portugal para mostrar diversos aspectos da história do país através de fábulas, mistérios e lendas populares. A Tijuca será a quinta agremiação a desfilar na avenida no domingo de carnaval, dia 11 de fevereiro.

Comissão de frente

Os integrantes comandados por Sérgio Lobato trouxeram novamente a apresentação que encantou a todos no ensaio técnico. Carregando adereços coloridos, eles se juntavam para formar o Galo de Barcelos. O número foi marcado pela energia dos movimentos sincronizados e pela irreverência do grupo. Além disso, todos cantavam com força o samba da escola.

Mestre-sala e Porta-bandeira

Driblando toda a dúvida que muitos tinham, Matheus e Lucinha mostraram que estão cada vez mais entrosados para o desfile oficial. O jovem mestre-sala exibiu um bailado confiante e cheio de energia. Já a experiente porta-bandeira dançou com toda sua segurança e qualidade técnica. A apresentação mesclou bem os passos mais tradicionais com alguns movimentos coreografados de acordo com a letra do samba. Chamou bastante a atenção o momento em que os dois dançaram o ‘vira’, no trecho “Amar o fado” da obra musical.

Samba-enredo

Se por um lado, o samba da Unidos da Tijuca não é considerado um dos melhores do Carnaval 2024, por algumas passagens mais simples em sua letra, por outro lado, a mesma obra mostrou um ótimo rendimento. Muito por conta da força da comunidade, que resolveu comprar a ideia e novamente cantou bastante. Mas também pela grande atuação de Ito Melodia aliada ao desempenho sempre seguro da bateria de mestre Casagrande.

“Essa evolução no samba foi enorme. Era um samba que era taxado como ruim. E eu acho que no domingo a gente provou que o samba funciona. Não é essa tragédia que todo mundo falava. Cada um teve seu pensamento, mas a gente provou lá domingo. Essa semana, vários compositores que perderam o samba me ligaram e falaram que o samba realmente funcionou, parabenizando a escolha da escola. Então, eu acho que o samba não tem que provar mais nada. Lógico, vai ter que funcionar também no dia do desfile”, disse o diretor de harmonia Fernando Costa.

Harmonia

O grande destaque da noite em mais um ensaio de rua. Todas as alas do cortejo tijucano cantaram o samba-enredo com muita força, sem deixar cair o nível até o final. Não se percebeu ninguém sem cantar, os componentes mostraram que estão com a letra na ponta da língua. Um excelente volume durante todo o samba, ainda mais impressionante no refrão principal, que marcou uma grande explosão. Destaque também para o desempenho do carro de som comandado pelo intérprete Ito Melodia, que atuou com sua potência e empolgação características.

“Desde que a gente começou o ensaio de canto na quadra, a coisa foi evoluindo, é normal. Acho que hoje, no nosso último ensaio, a gente chegou quase no 100%. Assim como no dia do ensaio técnico também foi. Eu vim puxando a escola, não dá pra sentir muito, mas eu tenho o rádio. E foi tranquilo a nossa comunicação, não teve problema nenhum. E o principal são amigos que estão ali assistindo de vários lugares, amigos confiáveis que chegam para você e se tiver ruim vai falar. Mas todos eles falaram que foi muito bom”, falou Fernando Costa.

Evolução

Outro ponto muito positivo do treino da agremiação. Os integrantes desfilaram em um ritmo muito adequado, sem qualquer tipo de atropelo ou lentidão. Nenhum buraco foi percebido entre as alas do cortejo. O que ficou marcado, mais uma vez, foi a animação e espontaneidade dos componentes. Todos mostraram muita alegria em cantar o samba e defender a escola. Algumas alas coreografadas deram um toque ainda mais especial.

Outros destaques

A bateria de mestre Casagrande, como de costume, mostrou toda sua qualidade na sustentação do ritmo, além de bossas muito propícias e bem encaixadas, que impulsionaram ainda mais o rendimento do samba. A rainha Lexa mostrou muita animação ao interagir com o público e sambar ao lado de todas as musas quando se encontravam durante o ensaio.

- ads-

Império Serrano anuncia que Darlin não é mais rainha de bateria da escola

O Império Serrano anunciou nesta sexta-feira que Darlin Ferrattry não segue cono rainha de bateria para o Carnaval 2025. Veja o comunicado da escola. "A...

Carnavalescos da Grande Rio promovem visita mediada em exposição neste sábado

Neste sábado, 02 de março, às 14h, acontecerá uma visita mediada pela exposição "Laroyê, Grande Rio!", em exibição no Museu de Arte do Rio,...

União da Ilha anuncia saída do casal de mestre-sala e porta-bandeira

A União da Ilha anunciou nesta sexta-feira a saída do casal de mestre-sala e porta-bandeira, Thiaguinho e Amanda. A dupla recebeu o prêmio "Estrela...