InícioSão PauloTerceiro lugar em 2022, Império de Casa Verde saiu do carnaval com...

Terceiro lugar em 2022, Império de Casa Verde saiu do carnaval com sentimento de campeã

Escola ficou com mesma pontuação da Mancha e Mocidade, mas perdeu no desempate

O Império de Casa Verde foi terceiro lugar com os mesmos 269,9 da campeã Mancha Verde e da vice Mocidade Alegre no Carnaval 2022. Porém acabou perdendo no critério de desempate, assim como ficou na frente da Tom Maior também no desempate. Cantando “O Poder da Comunicação”, a escola trouxe alegorias que chamaram atenção do público e inclusive venceu o “Estrela do Carnaval” na categoria “Conjunto de Alegorias” pelo site CARNAVALESCO. Leandro Barboza, que assinou o desfile com Mauro Quintaes, falou do desfile de 2022.

“Estou muito feliz. Meu primeiro ano, a gente conquistou o prêmio. Foi muito bacana. Legal mesmo, estou honrado, gratificado, estou maravilhado dentro da escola. A Império, esses anos que estou na escola, nunca veio tão bonita, tão feliz, e isso você viu no rosto de cada componente. Arquibancada cheia, com chuva, esperando a Império passar, foi emocionante. Meu sentimento é claro que ficamos triste por não ganhar o carnaval, a taça estava na nossa mão, mas ficamos tão feliz com o resultado da escola passar bem, fazer um bom desfile, a arquibancada cantar com a gente”.

O mestre-sala Rodrigo Antônio citou que foram três campeãs em 2022, já que o resultado final foi no critério de desempate: “Foram três campeãs. Não podemos discutir tanto, tudo bem que tem seus critérios de desempate, o júri dá a pontuação que ele vê e tem que dar. Mas a gente fica no terceiro lugar com alma de campeã, alma lavada, trabalho feito, a escola, diretoria e todos os componentes estão felizes. A gente está aqui vitorioso, e que Deus nos abençoe para chegar no próximo ano, pois daqui dois meses começa tudo de novo”.

Para Anderson Rodrigues, coreógrafo da comissão de frente da Império, a escola ficou feliz com o resultado do trabalho realizado em 2022: “Estamos felizes com o terceiro lugar. Claro que a gente trabalhou para ser primeiro. Mas estamos felizes, o Império voltou para o desfile das campeãs. Foi um carnaval tão difícil e a gente poder pisar na avenida pela segunda vez foi muito gratificante. Foi só diversão”.

Já o intérprete Carlos Junior, que saiu da escola após o desfile de 2022, fez uma reflexão sobre o carnaval deste ano: “Faltou o troféu de primeiro lugar, mas já que Deus não deu, a gente vai tentar de novo. O carnaval é isso. É para ser jogado, ele também não é só ter a técnica, tem a sorte, por isso são quatro jurados, é uma sorte, às vezes algum jurado, não quer julgar por técnica, quer julgar por gosto, de gostar de um ou outra, isso é normal. Ficamos tristes, mas é normal, por isso são quatro, se fosse um só, teria que ter VAR”.

- ads-

É a bateria do Zaca! Mestre Serginho se diz contente pela proposta diferente e conquista do Estrela do Carnaval

A “Bateria do Zaca” vive uma fase espetacular. É o segundo ano consecutivo em que a batucada comandada por mestre Serginho conquista os 40...

‘Reflete a alma e a ancestralidade que o Salgueiro tanto valoriza’, diz Jorge Silveira sobre o enredo para o Carnaval 2025

O carnavalesco Jorge Silveira falou sobre o enredo do Salgueiro para o Carnaval 2025, que foi divulgado na noite desta sexta-feira. Intitulado "Salgueiro de...

Conheça o enredo do Salgueiro para o Carnaval 2025

“De corpo fechado”: preparo o tacho de óleo de oliva, arruda, guiné, alecrim, carqueja, alho e cravo. Com o sinal da cruz na fronte,...