InícioSérie OuroSérie Barracões: Vigário Geral espera emocionar o público com memórias da infância

Série Barracões: Vigário Geral espera emocionar o público com memórias da infância

Após desfiles emblemáticos nos últimos anos, a Acadêmicos de Vigário Geral prova não ter medo de ousar e chega ao carnaval de 2023 com uma proposta completamente diferente. Almejando uma vaga no Grupo Especial, a escola aposta na emoção para conquistar o público e os jurados.

Fotos: Luisa Alves/Site CARNAVALESCO

Desenvolvido pelos carnavalescos Alexandre Costa, Lino Salles e Marcus do Val, o enredo “A Fantástica Fábrica da Alegria” vai contar a história de um menino que encontra um bilhete premiado e é transportado para um ambiente de inocência, leveza e diversão.

“Fomos inspirados pela Praça Catolé do Rocha, que fica na frente da nossa quadra. As crianças brincam muito lá, como nós fazíamos antigamente. É estranho porque é tão difícil ver isso nos tempos de hoje, ainda mais com a violência e a chegada da tecnologia. Mesmo assim, pique bandeira e queimado são brincadeiras que seguem existindo naquela praça”, comenta Alexandre Costa.

Segundo o carnavalesco, a parte mais demorada do processo foi encontrar um fio condutor que transmitisse a essência do enredo. A partir do momento que fizeram a associação com o filme “A Fantástica Fábrica de Chocolate”, as pesquisas fluíram naturalmente.

“Na atualidade, as crianças enxergam o mundo de forma muito mais séria. Elas têm noção de coisas que não tínhamos, e isso pode ser duro”, continua. “Por isso, escolhemos um menino, um personagem que vai representar todos os outros. Queremos levar saudosismo para a Avenida”.

Conheça o desfile da Acadêmicos de Vigário Geral

Com 1.500 componentes e três alegorias, a agremiação será a terceira a desfilar na sexta-feira, dia 17 de fevereiro. A narrativa será apresentada em três setores e promete cativar a todos.

Setor 1: “Vamos mostrar a busca pela alegria. O mundo está chato, todos trabalham demais e algumas crianças sequer recebem atenção. É quando o bilhete premiado é encontrado e muda tudo”.

Setor 2: “Vai retratar bem as brincadeiras, cirandas, brinquedos… Tudo será explorado no interior da fábrica. Traz nostalgia para quem estiver assistindo”.

Setor 3: “O foco é estimular a imaginação das pessoas. Filmes, musicais e livros. As crianças podem descobrir que o mundo, além da tecnologia, continua muito divertido. Basta ter a oportunidade”.

- ads-

Tinga sobre ter sido vencedor no Estrela do Carnaval como ‘Melhor Intérprete’ de São Paulo: ‘É uma honra ganhar pelo Império’

O intérprete Tinga está totalmente adaptado ao Império de Casa Verde. O carioca chegou ao ‘Tigre Guerreiro’ no Carnaval 2023 e logo se identificou,...

Império da Uva reforça equipe com a contratação de Alcides Kenga como diretor de carnaval

A Império da Uva deu um passo significativo ao adicionar Alcides Kenga à sua equipe como Diretor de Carnaval. Com mais de três décadas...

Unidos de Padre Miguel celebra São Jorge com feijoada e muito samba

O dia de São Jorge será de muita animação na Unidos de Padre Miguel. A escola da Vila Vintém irá comemorar com uma superfesta...