InícioGrupo EspecialPorto da PedraPorto da Pedra canta forte a faz bonito em seu primeiro ensaio...

Porto da Pedra canta forte a faz bonito em seu primeiro ensaio de rua

A Unidos do Porto da Pedra realizou na noite de sábado, no Centro de São Gonçalo, o seu primeiro ensaio de rua para o Carnaval 2023. O Tigre mostrou a sua força e toda a potência de sua comunidade, que está com o samba na ponta da língua. A escola, que será a quinta a desfilar na noite de sábado apresentará o enredo ‘A Invenção da Amazônia: Um delírio do imaginário de Júlio Verne’, desenvolvido pelo carnavalesco Mauro Quintaes, e tem um dos grandes sambas da Série Ouro.

Fotos: Eduardo Frois/Site CARNAVALESCO

A vermelho e branco de São Gonçalo mostrou que está fazendo um belo trabalho de harmonia. O que se viu foi uma comunidade que abraçou o samba-enredo e cantou a obra durante todo o ensaio. Em certos momentos, a bateria Ritmo Feroz de mestre Pablo realizou um breque de “apagão” durante o refrão principal, quando se pode ouvir nitidamente a empolgação dos componentes.

O diretor de carnaval Aloísio Mendonça reconheceu que o ensaio superou as expectativas da escola: “Foi excelente, você viu que a bateria parou e a comunidade mantendo o samba em alto… A gente tá super satisfeito”.

O casal de mestre-sala e porta-bandeira, Rodrigo França e Laryssa Victória, exibiu uma sincronizada e graciosa coreografia durante o treino de rua da Porto da Pedra. Os dois apresentaram o pavilhão da escola e executaram um bailado muito seguro e confiante, além de manterem o sorriso no rosto ao longo de todo o percurso.

O samba-enredo da parceria de Vadinho foi, sem dúvida, um dos pontos altos do ensaio do Tigre de São Gonçalo, sendo cantado com empolgação por grande parte dos integrantes da escola. Mérito do carro de som que, liderado pelo intérprete Nêgo, juntamente com os cantores de apoio e o time de cordas, seguraram a energia do samba lá no alto. Destaque para o refrão principal, que mesmo com palavras de um idioma indígena foi entoado intensamente pela comunidade.

A bateria Ritmo Feroz, comandada por mestre Pablo e seus diretores, foi outro destaque da noite. As bossas foram executadas diversas vezes pelos ritmistas durante todo o ensaio de rua da Porto da Pedra, sempre com muita precisão. Em uma delas, no refrão principal, parece haver até uma referência aos toques dos tambores indígenas. A rainha Tati Minerato veio saudando o público e sambando à frente da bateria.

“O que eu vi aqui foi uma escola que realmente abraçou o samba. Muita gente tinha dúvida em relação a isso. Hoje a gente conseguiu deixar claro que o samba foi muito bem escolhido. Um samba que parecia difícil já está na boca da escola, está todo mundo cantando o refrão. O Nêgo também foi impecável, com um fôlego impressionante, segurou até o final. E a escola está animada. Parece que a escola está sentindo novos ares, sentindo que existe a possibilidade de voltar ao Grupo Especial. Acho que quando você motiva o componente tudo flui melhor. Essa é a nossa ideia com relação a esse desfile, tanto plasticamente, quanto tecnicamente falando”, disse o carnavalesco Mauro Quintaes.

A escola evoluiu de maneira coesa e compacta por toda a avenida, sem correrias ou excesso de lentidão. Os integrantes das alas desfilaram leves, soltos, preenchendo toda a pista de ensaio. A única ressalva foi uma certa demora da bateria em deixar o local onde realizou o seu esquenta. A rainha Tati Minerato estava atenta e logo ocupou o espaço deixado pela ala de passistas, que depois também foi ocupado pelos ritmistas.

Pode-se ver no rosto do componente da Unidos do Porto da Pedra a alegria por ter um grande samba. A comunidade aparenta estar muito satisfeita com o trabalho que vem sendo desenvolvido pela diretoria da escola, que busca colocar o Tigre de volta entre as escolas do Grupo Especial do carnaval carioca. Sem dúvida, é uma das candidatas a beliscar essa vaga tão sonhada.

- ads-

É a bateria do Zaca! Mestre Serginho se diz contente pela proposta diferente e conquista do Estrela do Carnaval

A “Bateria do Zaca” vive uma fase espetacular. É o segundo ano consecutivo em que a batucada comandada por mestre Serginho conquista os 40...

‘Reflete a alma e a ancestralidade que o Salgueiro tanto valoriza’, diz Jorge Silveira sobre o enredo para o Carnaval 2025

O carnavalesco Jorge Silveira falou sobre o enredo do Salgueiro para o Carnaval 2025, que foi divulgado na noite desta sexta-feira. Intitulado "Salgueiro de...

Conheça o enredo do Salgueiro para o Carnaval 2025

“De corpo fechado”: preparo o tacho de óleo de oliva, arruda, guiné, alecrim, carqueja, alho e cravo. Com o sinal da cruz na fronte,...