InícioGrupo EspecialPortela se despede de Souza, que fez história na Tabajara e na...

Portela se despede de Souza, que fez história na Tabajara e na Galeria da Velha-Guarda

A família portelense está de luto. Morreu nesta segunda-feira, Carlos Souza Santos, carinhosamente apelidado de Souza, aos 73 anos, após perder a luta para um câncer. Ele era solteiro e não deixa filhos. Por conta da Covid-19 não foi possível realizar velório. O enterro do corpo foi realizado nesta terça-feira, 13, às 9h, no Cemitério do Caju, Zona Norte do Rio, na presença apenas de familiares.

Souza nasceu em Bonsucesso e na adolescência descobriu o gosto pelo carnaval. Chegava a fugir de casa para participar do bloco Cacique de Ramos. Logo em seguida conheceu a Portela, que se tornou amor para a vida toda.

Aos 22 anos começou a desfilar na escola. Passou em ala, pela comissão de frente e chegou à bateria, onde comandou a ala de tamborins, no carnaval de 2004. Nos últimos anos precisou se afastar da bateria por problemas de saúde, mas continuou a desfilar pela Portela na Galeria da Velha Guarda até descobrir um câncer na próstata.

Mestre Nilo Sergio o tinha como uma grande referência: “Quando eu cheguei na escola ele era da bateria e logo acolheu. Sempre muito elegante, bem-vestido, um sambista à moda antiga. Dizia orgulhoso que era do grupo-show do Mestre Marçal e chegou a tocar com Clara Nunes. Uma enorme perda!”

O presidente Luis Carlos Magalhães, o vice-presidente Fábio Pavão e toda a diretoria da Portela lamentam o falecimento e se solidarizam com seus familiares e amigos.

- ads-

Jackson Carvalho, Marcelinho Emoção e Fabão Rodrigues assumem Comissão de Harmonia no Arranco

Para o Carnaval 2025, o Arranco contará com uma Comissão de Harmonia formada por Jackson Carvalho, Marcelinho Emoção e Fabão Rodrigues. Jackson Carvalho começou sua...

Vizinha Faladeira será homenageada com conjunto de Medalhas de Mérito Pedro Ernesto

No próximo dia 23 de abril, a histórica Associação Recreativa Escola de Samba Vizinha Faladeira, uma das pioneiras no cenário do carnaval carioca, terá...

Jorge Silveira exalta preparação da Mocidade Alegre para ganhar duas categorias no Estrela do Carnaval: ‘São Paulo cada vez mais competitivo’

Em 2024, a Mocidade Alegre foi bicampeã do Grupo Especial do carnaval de São Paulo, conseguindo unir beleza e facilidade de leitura para tratar...