InícioSão PauloPaulo Serdan comemora chegada da Mancha nas Campeãs, mas aponta críticas em...

Paulo Serdan comemora chegada da Mancha nas Campeãs, mas aponta críticas em justificativas: ‘Foram um pouco além’

Potência no carnaval, escola ocupou a quinta posição neste último ano.

A Mancha Verde conseguiu novamente um lugar no Desfile das Campeãs. Nos últimos seis carnavais a agremiação frequenta o grupo, sendo os últimos quatro levando o vice-campeonato ou conquistando o título. No Carnaval 2024, a ‘Mais Querida’ alcançou a quinta colocação. O presidente Paulo Serdan conversou com o CARNAVALESCO e fez alguns apontamentos referentes ao júri, além de exaltar a sua própria escola, equipe e comunidade.

Foto: Fábio Martins/CARNAVALESCO

Amadurecimento

O presidente Paulo Serdan fez um balanço dos ensaios até o desfile. De acordo com o próprio, problemas foram sanados e a evolução da escola foi a melhor apresentada na pista. “Eu acho que a gente conseguiu fazer bons ensaios, eu acho que a gente conseguiu fazer um grande desfile e é que nem eu falei antes. Para mim a evolução foi o melhor desfile que a gente fez até hoje. A gente tinha um probleminha que todo ano pegava a gente e esse ano a gente conseguiu corrigir ele. É satisfatório porque a gente amadureceu”, disse.

Críticas ao júri

O mandatário é bem crítico quando se trata de regulamento, critérios e justificativas. Talvez, o presidente mais exigente quanto a isso. Perguntado sobre o que mais os jurados influenciaram em notas para a Mancha, o líder elencou uma série de questões e, questionou a lisura do critério de julgamento, visto que de acordo com ele, foram além da liberdade oferecida. “Em cima da justificativa, teve uma que o jurado encontrou uma fantasia de uma abelhinha que que abriu a asa, não sei o que rolou na hora. Tinha 50 lá e ele achou uma, perfeito, não tem problema nenhum. Mas falar da proporção das patas do boi e dizer que eu tinha que ter justificado, sendo que a gente colocou que o carro era lúdico por causa dos porcos, do galo e tudo mais… Então essas coisas acho que foram um pouquinho além. A evolução, o jurado coloca que o destaque de chão passou o espaço do gerador, mas onde está escrito isso? Na aula que teve de 6 horas o jurado tinha isso, mas tinha que estar no critério, que é o código civil nosso. Eu vou cumprir o que está lá. Você não vai acompanhar uma aula de 6 horas que é para o jurado, não é para mim. É para ele aprender e depois vem com o critério. Então acho que a questão não é a Liga. A questão é como os jurados entenderam a liberdade que eles tiveram. Acho que foram um pouco além”, declarou.

Exaltação ao casal

Um incidente complicado ocorreu com a Mancha dias antes do desfile. o público e o todas as pessoas que acompanham o carnaval ficaram sabendo horas antes, mas o mestre-sala oficial, Marcelo Silva adoeceu. O segundo mestre-sala, Thiago Bispo, teve a missão de substituí-lo e se apresentou com Adriana. Era um grande temor, pois é sabido que não havia entrosamento entre a nova dupla no carnaval. Entretanto, na apuração se teve uma surpresa e o casal perdeu apenas um décimo, e o presidente Serdan falou com muito orgulho e também enalteceu a garra de Marcelo, que mesmo doente queria ir para a avenida. “O Thiago e a Adriana se superaram. A gente perdeu um décimo na situação mais complicada de mestre-sala e porta-bandeira, que é a finalização. A gente esperava que de repente até perdesse mais, porque a Adriana e o Tiago ensaiaram em dois dias. Do meio-dia às duas horas da manhã. Então foi demais. A gente preservou a saúde do Marcelo que ele queria ir para a pista e eu falei para: ‘Eu não vou deixar você fazer isso. O problema é a sua vida, não é nem a entidade’. Então a gente conseguiu preservar a saúde do Marcelo e conseguimos fazer a nota. Eu tenho um time que é muito bom, que é comprometido com a entidade e isso vale muito”, afirmou.

Importância do Desfile das Campeãs

Serdan exaltou a ida para as campeãs. Falou sobre o quão competitivo está o carnaval de São Paulo e que as agremiações precisam levar isso em conta. “Indiferente do resultado, a gente voltou para as campeãs, que é uma coisa que eu acho que as escolas em São Paulo têm que aprender isso. A gente está ensinando para o nosso povo que todo mundo que estava aqui hoje, tirou uma onda. É um carnaval competitivo. Caiu a Tom Maior, que um dia antes da apuração eu falei com o Carlão e a gente sabia que havia uns problemas de evolução ali, mas foi um grande carnaval que a escola fez. A própria Independente também. Então em determinado momento o Império estava em décimo. Você tem que comemorar muito. Acho que vale a pena. É uma situação que a gente tem que mudar o nosso pensamento e a Mancha está conseguindo fazer isso”, comentou.

Planejamento para 2025

Nos últimos anos, a Mancha Verde sempre saiu na frente em anúncios de enredos, sendo assim, adiantando o planejamento para o carnaval seguinte. Porém, segundo o presidente, a escola estava com um tema definido com captação de recursos, mas mudou de última hora e agora está vendo outras possibilidades. “Na verdade, tinha um enredo definido já há seis ou sete meses atrás com captação, mas a gente desfilou na sexta e no sábado. sei lá, alguma coisa começou a pintar na cabeça assim e aí nós estamos buscando um outro enredo. Vamos ver”, finalizou.

- ads-

Hugo Júnior deixa presidência da Acadêmicos de Niterói

Hugo Júnior publicou uma carta de desligamento na segunda-feira informando sua decisão de deixar a presidência da Acadêmicos de Niterói. Veja abaixo o texto. "Eu...

Maiores Ganhos com Apostas — Ranking Pin Up

Maiores Ganhos já Obtidos com Apostas A maioria dos apostadores que trabalham com estratégia e fazem palpites com base em estudos já experienciaram bons resultados. Provavelmente...

Conheça o enredo da União da Ilha para o Carnaval 2025

A União da Ilha anunciou o enredo para o Carnaval 2025. O carnavalesco Marcus Ferreira será o responsável pelo desfile. Veja abaixo a publicação...