InícioGrupo EspecialPaes e Castro confirmam os desfiles no Carnaval 2022

Paes e Castro confirmam os desfiles no Carnaval 2022

'A gente entende, pelas regras atuais, que eventos em que podemos ter controle, passaporte vacinal e eventualmente testagem, não têm problema nenhum de acontecer', disse o prefeito. 'A Secretaria de Saúde não vê motivos para cancelar o carnaval, então ele está sim mantido", garantiu o governador

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e o governador Cláudio na manhã desta segunda-feira, confirmaram que os desfiles das escolas de samba estão autorizados para acontecerem no fim de fevereiro.

“Não dá para ficar tratando do vírus com uma coisa que vai acontecer daqui a 50 dias. Se hoje nós permitimos, em ambientes restritos, que as pessoas se reúnam, celebrem, com passaporte de vacinação, temos que pensar como ficará hoje, esta semana. Esse deve ser o foco. Não quero mais ficar debatendo um evento daqui a 50 dias, quando eu tenho que tratar desta semana. A gente entende, pelas regras atuais, que eventos em que podemos ter controle, passaporte vacinal e eventualmente testagem, não têm problema nenhum de acontecer. Os números mostram que, à medida que a pessoa está vacinada, a chance de a doença se agravar é muito menor”, disse Paes.

O governador também possui a mesma opinião do prefeito. “Algumas pessoas do conselho, que é consultivo, opinaram. Não foi uma opinião oficial, não tem nem ata publicada. Nós entendemos que, por ser um conselho plural, alguns vão concordar e outros vão discordar. A posição oficial do governo estadual, hoje, é de que o carnaval de rua não vai acontecer e todos os outros carnavais, em que a gente consiga fazer o controle, inclusive o da Marquês de Sapucaí, vão acontecer. Os números da Covid-19 mostram uma infecção grande, mas uma internação mínima. A Ômicron é a mais leve de todas as variantes, sem impactos em internações. Ela é mais similar a uma gripe do que a uma pneumonia, como foram as outras cepas. A Secretaria de Saúde não vê motivos para cancelar o carnaval, então ele está sim mantido”, garantiu Cláudio Castro.

O secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, falou também sobre o momento da Covid-19 na cidade do Rio.

“A estratégia, agora, é aumentar a nossa capacidade de testagem e a cobertura vacinal para fazer um bloqueio da variante Ômicron. A maior parte das pessoas que internam não tem o esquema vacinal completo. São poucas pessoas que ainda não se vacinaram, mas elas podem sobrecarregar a nossa rede assistencial e demandar mais cuidados hospitalares e mais leitos”, afirmou o secretário Daniel Soranz.

- ads-

Jackson Carvalho, Marcelinho Emoção e Fabão Rodrigues assumem Comissão de Harmonia no Arranco

Para o Carnaval 2025, o Arranco contará com uma Comissão de Harmonia formada por Jackson Carvalho, Marcelinho Emoção e Fabão Rodrigues. Jackson Carvalho começou sua...

Vizinha Faladeira será homenageada com conjunto de Medalhas de Mérito Pedro Ernesto

No próximo dia 23 de abril, a histórica Associação Recreativa Escola de Samba Vizinha Faladeira, uma das pioneiras no cenário do carnaval carioca, terá...

Jorge Silveira exalta preparação da Mocidade Alegre para ganhar duas categorias no Estrela do Carnaval: ‘São Paulo cada vez mais competitivo’

Em 2024, a Mocidade Alegre foi bicampeã do Grupo Especial do carnaval de São Paulo, conseguindo unir beleza e facilidade de leitura para tratar...