InícioGrupo EspecialO craque fica no Paraíso! Mestre Marcão renova com o Tuiuti

O craque fica no Paraíso! Mestre Marcão renova com o Tuiuti

O Paraíso do Tuiuti anunciou na noite desta quinta-feira a renovação com mestre Marcão. Veja abaixo o comunicado da escola.

Foto: Nelson Malfacini/CARNAVALESCO

“Pela quarta temporada consecutiva, o comando da @bateriasupersom40 será de Mestre Marcão. O premiado profissional seguirá conosco na temporada para 2025”.

Leia a análise da bateria do Tuiuti no desfile, por Freddy Ferreira

Um desfile muito bom da bateria “Super Som” do Paraíso do Tuiuti, sob a regência de mestre Marcão. Uma conjunção sonora pautada pelo equilíbrio, boa equalização de timbres e andamento confortável foi produzida. Bossas dançantes foram apresentadas com segurança, no que tem tudo para ser um dos mais fortes quesitos da escola.

Uma cozinha da bateria do Tuiuti com uma afinação muito boa foi notada. Marcadores de primeira e segunda pulsaram com firmeza, mas sem excesso de força, garantindo a manutenção do andamento com eficácia. Surdos de terceira contribuíram com um balanço exemplar na parte de trás do ritmo da escola do bairro de São Cristóvão, tanto em ritmo, quanto nas bossas. Repiques coesos tocaram integrados a um naipe de caixas de guerra consistente e com boa ressonância.

Na parte da frente da bateria “Super Som”, uma ala de cuícas de elevada técnica ajudou no preenchimento sonoro das peças leves. Uma primorosa ala de chocalhos se exibiu com classe tocando entrelaçado com um naipe de tamborins de nítida virtude musical. É possível dizer que o casamento rítmico entre tamborins e chocalhos foi um dos pontos altos do Tuiuti, inclusive numa bossa arriscada em que fazem solo juntos.

Bossas altamente musicais possibilitaram apresentações potentes em cabines de jurados. Os arranjos com bastante entrosamento com a melodiosa canção do Paraíso, aproveitavam as nuances para consolidar o ritmo. No geral, se trata de um leque de bossas com certo refino, com destaque para o solo com tamborins e chocalhos, com surdo marcando. O arranjo desafiador e atrevido produziu uma sonoridade simplesmente sublime pela pista, sempre que exibido.

A apresentação na primeira cabine (módulo duplo) foi fabulosa, com direito a boa receptividade dos julgadores e certa ovação do público. Na segunda cabine, outra exibição enxuta e segura foi realizada, com direito a aplauso por parte do jurado. No último julgador, com tempo escasso para uma apresentação de todo o leque de paradinhas, somente uma bossa foi exibida, mas com firmeza, coroando o desfile muito bom da “Super Som” do Tuiuti, sob o comando de mestre Marcão.

- ads-

Jackson Carvalho, Marcelinho Emoção e Fabão Rodrigues assumem Comissão de Harmonia no Arranco

Para o Carnaval 2025, o Arranco contará com uma Comissão de Harmonia formada por Jackson Carvalho, Marcelinho Emoção e Fabão Rodrigues. Jackson Carvalho começou sua...

Vizinha Faladeira será homenageada com conjunto de Medalhas de Mérito Pedro Ernesto

No próximo dia 23 de abril, a histórica Associação Recreativa Escola de Samba Vizinha Faladeira, uma das pioneiras no cenário do carnaval carioca, terá...

Jorge Silveira exalta preparação da Mocidade Alegre para ganhar duas categorias no Estrela do Carnaval: ‘São Paulo cada vez mais competitivo’

Em 2024, a Mocidade Alegre foi bicampeã do Grupo Especial do carnaval de São Paulo, conseguindo unir beleza e facilidade de leitura para tratar...