InícioEspecialMorre o Rômulo Ramos, diretor de harmonia, vítima da Covid-19

Morre o Rômulo Ramos, diretor de harmonia, vítima da Covid-19

Faleceu nesta quinta-feira, vítima de Covid-19, Rômulo Ramos, que passou pela Mocidade, Portela, entre outras escolas de samba. De 1966 até 1995, Ramos integrou as forças armadas brasileiras.

“Não adianta colocar uma camisa, um apito no pescoço e ir para a quadra ”bebericar” e olhar a mulher dos outros. Pra ocupar essa função tem que estudar, tem que buscar o conhecimento condizente com o comando de uma agremiação. Preciso falar com todos: ritmista, baiana, até o presidente da escola. É preciso saber se dirigir a cada uma dessas pessoas”, disse Rômulo sobre seu trabalho, que deu entrevista em 2015 para a TV Mocidade.

- ads-

É a bateria do Zaca! Mestre Serginho se diz contente pela proposta diferente e conquista do Estrela do Carnaval

A “Bateria do Zaca” vive uma fase espetacular. É o segundo ano consecutivo em que a batucada comandada por mestre Serginho conquista os 40...

‘Reflete a alma e a ancestralidade que o Salgueiro tanto valoriza’, diz Jorge Silveira sobre o enredo para o Carnaval 2025

O carnavalesco Jorge Silveira falou sobre o enredo do Salgueiro para o Carnaval 2025, que foi divulgado na noite desta sexta-feira. Intitulado "Salgueiro de...

Conheça o enredo do Salgueiro para o Carnaval 2025

“De corpo fechado”: preparo o tacho de óleo de oliva, arruda, guiné, alecrim, carqueja, alho e cravo. Com o sinal da cruz na fronte,...