A apresentação no Carnaval 2023 do casal de mestre-sala e porta-bandeira da Vila Isabel, Marcinho Siqueira e Cris Caldas foi arriscada ao promover uma troca de roupas em frente às cabines de julgamento, porém, em todos os módulos a ideia funcionou e serviu para que o público se entregasse. Por isso, a dupla foi a vencedora do prêmio Estrela do Carnaval, na categoria melhor “Casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira do Grupo Especial”. A festa está marcada para domingo, dia 7 de maio, a partir das 13h, na quadra da Imperatriz Leopoldinense (Rua Professor Lacé, 235, em Ramos), com direito a tradicional feijoada da escola. Valores: Pista: R$ 20,00 (Primeiro lote) e Mesa (4 lugares): R$ 120,00 (Primeiro lote); Feijoada: Antecipado: R$ 30,00 e No dia: R$ 35,00; Reserva: (21) 98317-6137.

Foto: Nelson Malfacini/Site CARNAVALESCO

“É muito gratificante receber esse prêmio com um trabalho tão importante e especial. Fico muito feliz pelo reconhecimento! Foi um trabalho muito intenso e uma temporada de ensaios diferente de tudo o que já fiz. Realizamos com total dedicação para entregarmos o melhor pra nossa Vila Isabel. Fico muito feliz por ter sido a porta-bandeira do Paulo Barros que trocou de roupa na Sapucaí. Saiu tudo lindo, como planejado e esperado. Muito obrigada ao site CARNAVALESCO e ao Estrela do Carnaval por esse prêmio”, disse Cris Caldas.

“É uma honra receber esse prêmio! Não faz muito tempo em que eu olhava para as minhas referências recebendo o troféu e imaginava um dia poder ganhar também. Sonhei com esse momento. Estou muito feliz! Foi um trabalho completamente diferente de tudo o que já fizemos na vida. Foram 4 meses de ensaios intensos, com muitas incertezas e preocupações, mas conseguimos! Faria tudo de novo! Foi revolucionário para a minha vida e minha carreira”, completou o mestre-sala Marcinho.

O que poderia ser um risco para a apresentação deles, serviu de combustível para uma das maiores apresentações que já realizaram, o entrosamento entre os dois foi nítido, visto que apenas com o olhar se entendem. A intensidade da dança impressionou, assim como os giros de Cris que foram muito rápidos e precisos, a bandeira em todo o mundo se manteve desfraldada, o desempenho de Marcinho também merece elogios, ele riscou o chão da Sapucaí sempre com um sorriso no rosto.